Agência Tecban
30/12/2021 15:11

Futuro dos serviços financeiros passa pelo compartilhamento


prc__Nacional
tit__Futuro dos serviços financeiros passa pelo compartilhamento
O setor financeiro tem passado por grandes transformações nos últimos tempos. As agências bancárias, por exemplo, estão assumindo um novo papel e os autoatendimentos se transformaram em uma extensão, incorporando cada vez mais soluções e transações, o que o tornou em um ponto de relacionamento com clientes, principalmente em regiões sem infraestrutura de serviços financeiros. De acordo com dados do Banco Central, 2.427 cidades brasileiras não possuem agências bancárias.

"Em todo o mundo, os bancos estão transformando as agências em pontos de relacionamento e a parte transacional está sendo cada vez mais endereçada aos autoatendimentos ou para soluções mobile, conforme a conveniência e perfil dos clientes", destaca a gerente-executiva de produtos da TecBan, Fabiana Oda.
No Brasil, com suas dimensões continentais, a transição para o formato de autoatendimento tem cumprido um papel essencial de manter o atendimento em regiões que seriam de outra forma desassistidas.

Nesse cenário, caixas eletrônicos têm sido fundamentais para manter o acesso de clientes ao dinheiro vivo e a outros serviços financeiros. Dessa forma, em muitos lugares, por conta da infraestrutura ou mesmo devido à logística, o caixa eletrônico tem sido a única opção que evita a exclusão financeira de parcela da população.

prgfh__Ponto de conexão
Para o Banco24Horas, que possui soluções que dão autonomia aos brasileiros e é a maior rede independente de caixas eletrônicos em volume de saques do mundo, a situação faz com que os caixas eletrônicos sejam verdadeiros pontos de conexão entre instituições e consumidores.

"Muito além do dinheiro, a população carece de acesso a outros serviços financeiros e o caixa eletrônico funciona como um ponto de conexão entre o físico e o digital. Além da nossa capilaridade com o caixa eletrônico nos estabelecimentos comerciais, nós também criamos outras soluções para que tenhamos a mobilidade e agilidade de atender diferentes regiões, conforme a necessidade", diz Fabiana Oda.

Exemplos são o Espaço Banco24Horas - que funciona como um espaço multibanco, onde clientes de diversas instituições conseguem ser atendidos - e soluções móveis, que transportam caixas eletrônicos em caminhão ou container.
s soluções têm dado resultado e o modelo de autoatendimento tem sido expandido para novos pontos e localidades. Sete municípios já possuem um Espaço Banco24Horas e a solução móvel já visitou municípios das regiões Sudeste, Nordeste, Norte e Sul.

prgfh__Abrangência
Recentemente, o Banco24Horas atingiu 24 mil caixas eletrônicos instalados em todo o país. Ao todo, a marca já está presente em mais de 250 comunidades em todo território nacional. Só no Amazonas, atendem a quase 80% da população com diversas soluções, que dão ainda mais capilaridade para as instituições, além de suas agências.

"Estamos posicionados até mesmo em regiões mais afastadas das capitais e regiões metropolitanas. Percebemos que nossa solução traz mais inclusão e acesso aos serviços financeiros. Isso possibilita às pessoas usar os recursos com autonomia por meio do Banco24Horas e fazer a economia girar".

A executiva explica ainda que a TecBan apostou no modelo de compartilhamento para ganhar eficiência e tornar as soluções financeiras acessíveis. "Mais do que um caixa eletrônico, o Banco24Horas possui diferentes soluções para ampliar o seu potencial de compartilhamento".

A estratégia faz toda a infraestrutura de caixas eletrônicos se manter competitiva no setor e traz economia para toda cadeia. O varejo, por exemplo, tem sido um grande parceiro da TecBan porque o Banco24Horas impulsiona os estabelecimentos, atrai clientes, gera mais compras e ainda possui soluções para que o comerciante faça o dinheiro circular mais rápido na economia local em que está inserido.

"O Espaço Banco24Horas, as soluções móveis e o próprio +Varejo Banco24Horas, que permite aos estabelecimentos depositar sua sangria diretamente no caixa, são soluções que potencializam o modelo de compartilhamento", diz a executiva.

prgfh__Eficiência e compartilhamento
O modelo de negócios da companhia tem dado resultados. Em 2021 a TecBan expandiu a capilaridade do Banco24Horas para 100 novas cidades, atingindo mil municípios, e se consolidou como a terceira maior rede independente de autoatendimento do mundo em quantidade de caixas. Segundo a gerente-executiva de produtos, o sucesso traduz anos de experiência atendendo o ecossistema financeiro.

"A TecBan nasceu compartilhando valor para gerar eficiência. Temos um papel essencial de facilitador e trabalhamos para que todas as partes interessadas sejam beneficiadas e inovem. É extremamente importante que o mercado tenha opções, para que os brasileiros possam escolher, privilegiando a pluralidade", conclui.
i----
ARQUIVO=' banco24h-pauta8.jpg'
DESTINO='MEDIALAB'
FUNCAO='THUMBNAIL'
f----
Para ver esta notícia sem o delay contrate um dos produtos Broadcast e veja todos os conteúdos em tempo real.

MAIS NOTÍCIAS

Agência Tecban
13/12/2021 08:20

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos