Agência Unico
21/06/2022 16:30

Identidade digital possibilitou a inclusão financeira durante a pandemia


As soluções de identificação digital vêm ganhando utilidade e relevância há alguns anos, mas, nos dois últimos, justamente os da pandemia de Covid-19, elas ganharam mais relevância ao resolverem, tanto para organizações privadas quanto públicas, o problema de autenticar, com precisão e qualidade, clientes e cidadãos que não poderiam ser atendidos de nenhuma outra forma. No Brasil, segundo dados do Banco Central, 14 milhões de brasileiros abriram uma conta bancária pela primeira vez só no primeiro ano da pandemia, a maioria delas para o recebimento do auxílio emergencial.
O papel da identificação digital durante a pandemia é indiscutível: com parte da população recolhida em quarentena em suas casas, agências bancárias e governamentais fechadas, as facilidades da identificação digital foram decisivas para fazer o chamado "onboarding" bancário de tantos cidadãos e proporcionar a eles a ajuda financeira fornecida pelo governo brasileiro. Munidos de um smartphone e de um documento com foto, esses milhões de brasileiros se tornaram protagonistas de uma experiência positiva na abertura de milhões de contas bancárias.
Na verdade, o "onboarding" de clientes de modo tradicional seria uma jornada de oito etapas, segundo uma pesquisa da consultoria Deloitte, que é normalmente cumprida em longos prazos por causa da burocracia de solicitação inicial, coleta e verificação de documentos. Ao final desse processo, diz a pesquisa, um banco tradicional poderá ter contabilizado custos de US$ 20.000 a US$ 30.000 para integrar um novo cliente.
Isso explica a necessidade que têm os bancos de cobrar taxas elevadas dos clientes e o vertiginoso crescimento do número de bancos digitais no Brasil e no mundo: atualmente, o país já tem 250 milhões de contas bancárias digitais, um número maior que o de sua população. Cem por cento delas abertas com o suporte de identificação digital, o que aumenta a necessidade de ferramentas de prevenção contra fraudes.
"Sem um processo de verificação de identidade robusto a gente estaria sujeito a diversos tipos de fraudes, além de maior complexidade para as pessoas. Antes, todo esse processo era feito manualmente, o que tornava a escalabilidade um grande desafio. A Unico, líder em identidade digital no país, já validou 38 milhões de pessoas na abertura de contas em bancos, fintechs e carteiras digitais. Isso só é possível com muita tecnologia", diz André Nery, diretor da plataforma Unico Check. A ferramenta evitou, apenas em 2021, cerca de 2.7 milhões de tentativas de fraude. Em 2022, até o momento, mais de 1.8 milhões de tentativas de golpes online já foram barrados.
Com esse tipo de facilidade, uso de aplicativo no celular e mais o lançamento do Pix em novembro de 2020, os bancos digitais continuaram ganhando clientes. Segundo dados levantados pelo Instituto Locomotiva no último trimestre de 2021, 30% dos titulares dessas contas eram pessoas das classes D e E.
Todos esses números indicam que a população brasileira está avançando em termos de inclusão financeira (ou de bancarização, como dizem alguns economistas), um processo que é fundamental para o desenvolvimento de qualquer sociedade moderna. Um estudo feito pela consultoria McKinsey em 2019 estimou que, se a identidade digital fosse adotada amplamente no Reino Unido, o impacto seria de 3% no crescimento do PIB. No Brasil, isso equivaleria a um valor próximo de 260 bilhões de reais no PIB de 2020.
O país, no entanto, ainda está longe de alcançar um patamar aceitável de inclusão financeira: perto de 16 milhões de pessoas continuam sem acesso ao sistema e às oportunidades que o sistema financeiro oferece. "Os desafios são grandes e as oportunidades ainda maiores. Com uma experiência mais fluida, sem abrir mão da privacidade e segurança. Foi assim que a tecnologia por trás da identidade digital suportou a inclusão financeira de tantas pessoas e pode ajudar o país a incluir todas as outras que ainda estão fora do sistema", completa Nery.
Para ver esta notícia sem o delay contrate um dos produtos Broadcast e veja todos os conteúdos em tempo real.

MAIS NOTÍCIAS

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: