Agência Unico
15/01/2024 10:35

Como ser o profissional do futuro?



Confira qual caminho trilhar para se manter à frente e atualizado, principalmente diante de tantas inovações
Assim como telefonistas, datilógrafos, acendedores de lampiões de rua, leiteiros e muitas outras profissões deixaram de existir, outras foram criadas e fazem parte da transformação contínua no mercado de trabalho.
Mas você sabe qual caminho trilhar para se manter à frente e atualizado, principalmente diante de tantas inovações? Para os especialistas, as competências técnicas são importantes, mas devemos nos focar também nas competências comportamentais e novas habilidades por meio do aprendizado contínuo.
A coordenadora da pós-graduação em Comunicação e Estratégias Digitais nas Organizações do Senac EAD, Luciana Cotrim, traz os resultados apurados pelo estudo do World Economic Forum para enriquecer essa conversa.
De acordo com Cotrim, o levantamento constatou que a maioria das empresas identifica as lacunas de competências em seus funcionários e a incapacidade de atrair e manter talentos como grandes barreiras que impedem o desenvolvimento do negócio.
"Para 80% dos entrevistados, a principal estratégia para superar esses desafios nos próximos cinco anos é investir em aprendizagem e treinamento no trabalho e automatização de processos mais comuns, para atingir as metas da organização", diz Luciana.
Dessa forma, as empresas precisam apoiar os seus líderes nessa profunda transformação digital que o mundo está vivendo. Mas o que isso realmente significa?
Isso demonstra a necessidade de encontrar profissionais qualificados para exercer profissões do presente-futuro, como: Especialista em Transformação Digital, Engenheiros de Energia Renováveis, Especialistas em Inteligência Artificial e Machine Learning.
Para ilustrar esse desafio do mercado de trabalho, Luciana cita uma pesquisa realizada pelo Institute for the Future, a pedido da Dell Technologies, que mostra que metade dos líderes ainda não sabe o que a transformação digital significa para as empresas. Portanto, prepará-los para essas mudanças é uma das prioridades da área de gestão de pessoas.
"Não falamos mais em novas tecnologias, pois elas já foram incorporadas à nossa rotina; atualmente, falamos em transformação digital e na era pós-digital, em que times de profissionais e máquinas trabalham integrados", acrescenta.

Abordagem baseada em habilidades

O aprendizado permanente se tornou uma necessidade. E a maneira para desenvolver novas habilidades também se transforma, rompendo as barreiras das tradicionais salas de aula.
As plataformas virtuais de ensino conquistam cada vez mais espaço, pois possibilitam a aprendizagem ao longo da vida dos colaboradores, de forma personalizada, flexível, ágil e democrática. Outro ponto positivo com relação à tecnologia é a redução de custos para o aprimoramento dos profissionais.
Nesse contexto, a customização e o aprimoramento das plataformas de ensino precisam estar conectados com as exigências apresentadas pelas profissões do futuro, superando os modelos tradicionais de ensino.
"A tendência é criar uma abordagem baseada em habilidades. Isso é muito relevante atualmente porque as profissões do futuro estão essencialmente conectadas com o desenvolvimento tecnológico, linguagens de programação e uso massivo de dados, áreas em que ainda formamos menos universitários do que as empresas demandam e não conseguimos formar internamente essas pessoas na velocidade necessária", avalia Isadora Gabriel, Diretora de PeopleX (Recursos Humanos) da Unico, empresa especializada em identidade digital.

Solução que oferece autonomia ao profissional

Para ilustrar a importância de contar com a tecnologia para o desenvolvimento das habilidades necessárias é possível citar como exemplo a plataforma aqui. Ao reunir mais de 180 instituições de ensino, a solução permite que as empresas forneçam aos colaboradores um caminho prático e eficiente para o aprendizado.
O auxílio educação, aliás, é um dos benefícios mais desejados pelos colaboradores, conforme o levantamento How to Learn, feito pela Mind Miners a pedido da Unico. Dentre os entrevistados, 76% afirmaram que estudar é uma maneira de melhorar de vida.
Com o programa em mãos, os profissionais podem construir suas trilhas de capacitação de forma autônoma, proporcionando o mapeamento preciso das habilidades necessárias e impulsionando o desenvolvimento profissional alinhado às necessidades da empresa.
"As plataformas de aprendizagem, como a Unico Skill, trazem de forma já muito curada, com os melhores parceiros do mercado, uma oferta de programas que permitem cada profissional de forma autônoma e flexível criar a própria trilha de capacitação para colocar novas habilidades necessárias à disposição da empresa, e assim, ampliar seu impacto, aprendizado e crescimento profissional", explica Isadora.
Com a tecnologia à disposição para o aprimoramento das habilidades dos colaboradores, fica mais fácil para as empresas atingirem novos patamares. Para isso, porém, torna-se necessário identificar os principais desafios a serem superados.
"Um deles está relacionado ao mindset e as práticas tradicionais de definir cargos como descrições de tarefas e buscar profissionais aderentes com base em formação acadêmica e histórico profissional atrelado a áreas específicas", alerta Isadora.
Outro desafio destacado pela especialista da Unico é a dificuldade em definir precisamente quais são as habilidades mais importantes para o negócio e mapeá-las com a população interna. "Libertar-se dos paradigmas e das práticas que convivemos há mais de um século é um processo árduo. Poucas organizações estarão dispostas a abandonar cargos e hierarquias completamente. No entanto, pode haver certas áreas em sua empresa por onde começar, capazes de gerar benefícios significativos", finaliza Isadora.

A OESP não é(são) responsável(is) por erros, incorreções, atrasos ou quaisquer decisões tomadas por seus clientes com base nos Conteúdos ora disponibilizados, bem como tais Conteúdos não representam a opinião da OESP e são de inteira responsabilidade da Acesso Digital Tecnologia da Informação S.A.
Para ver esta notícia sem o delay contrate um dos produtos Broadcast e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso