Agronegócios
13/01/2022 08:26

Fertilizantes: Yara e Lantmännen assinam acordo comercial para produzir produtos livre de fósseis


São Paulo, 13/01/2022 - A Yara Fertilizantes e o grupo sueco Lantmännen são as primeiras empresas a assinar um acordo comercial para levar ao mercado fertilizantes livres de fósseis. Em 2019, as empresas começaram a testar a viabilidade comercial de fertilizantes verdes com o objetivo comum de realizar a primeira cadeia alimentar livre de fósseis do mundo. A colaboração resultou em um contrato comercial para fertilizantes verdes, que serão produzidos pela Yara e comercializados pela Lantmännen na Suécia a partir de 2023.

“Produzidos com energia renovável, esses produtos são cruciais para descarbonizar a cadeia alimentar e oferecer aos consumidores escolhas alimentares mais sustentáveis”, diz comunicado das companhias divulgado nesta manhã. Em vez de usar combustíveis fósseis, como o gás natural, para produzir amônia - o alicerce dos fertilizantes minerais - os novos produtos serão produzidos com amônia baseada em energia renovável em produção na Europa, diz a nota. “O resultado mostra um produto com uma pegada de carbono de cerca de 80% a 90% menor.” A Yara tem um portfólio de projetos de amônia verde e está “trabalhando ativamente para expandir seus negócios de amônia limpa.”

Para a Lantmännen, o uso de fertilizantes verdes será um passo importante para alcançar uma agricultura neutra em relação ao clima. Os produtos serão incorporados ao programa de cultivo da Lantmännen Climate & Nature. O programa torna lucrativo para os agricultores adotar práticas agrícolas mais sustentáveis. Os fertilizantes verdes da Yara são um componente adicional importante no desenvolvimento do programa. Combinando os fertilizantes com combustíveis livres de fósseis, transporte e agricultura de precisão, a Lantmännen será capaz de estabelecer uma cadeia de valor livre de fósseis - do campo ao garfo.

As empresas também estão colaborando em outros projetos para reduzir a pegada de carbono da agricultura no campo por meio de soluções de nutrição de culturas, práticas agrícolas inovadoras e ferramentas digitais, permitindo a transição para uma cadeia de valor alimentar descarbonizada e mais sustentável. Fonte: Dow Jones Newswires
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: