Agronegócios
30/11/2017 12:27

CBOT: mercado de grãos deve abrir em baixa com vendas mais fracas dos EUA


Chicago, 30/11/2017 - Os futuros de soja, milho e trigo devem abrir a sessão desta quinta-feira em queda na Bolsa de Chicago (CBOT). As três commodities são pressionadas por reduções na comercialização da safra norte-americana de 2017/18, pois a última semana teve liquidez reduzida pelo feriado do Dia de Ação de Graças. O petróleo tende a manter enfraquecidas as negociações do milho.

Ainda na soja, os Estados Unidos venderam 942,9 mil toneladas do grão da safra 2017/18 na semana encerrada no dia 23 de novembro, descontados os cancelamentos, informou há pouco o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O número representa aumento de 9% ante o reportado na semana anterior, mas recuo de 25% em relação à média das últimas quatro semanas.

Há pouco, exportadores privados relataram vendas de 525 mil toneladas da oleaginosa para a China, com entrega prevista para o ano comercial 2017/18, mas a operação pode não ser suficiente para sustentar ganhos elevados aos preços em Chicago.

No milho, espera-se um desempenho fraco em virtude do menor nível de vendas externas por parte dos Estados Unidos e pela correlação com o petróleo. Ainda segundo o USDA, os exportadores do país venderam 599,2 mil toneladas do cereal da safra 2017/18, forte retração de 45% ante a semana anterior e 54% na comparação com a média das quatro semanas anteriores.

Quanto ao petróleo, os preços do combustível fóssil implicaram maior competitividade do etanol, cuja matéria-prima para fabricação nos Estados Unidos é o milho. De acordo com analistas do banco alemão Commerzbank, mesmo que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) concorde nesta quinta-feira com uma prorrogação por nove meses de seu acordo para reduzir a produção, os preços do óleo poderiam ainda assim registrar uma queda, pesando ainda mais sobre as cotações do cereal.

Já para trigo, o cereal tende a acompanhar a pressão de baixa vinda do milho. Além disso, na semana encerrada no último dia 23, os norte-americanos venderam 184,4 mil toneladas do cereal, queda 8% contra os sete dias anteriores e de 59% menor quando comparada com a média de quatro semanas. O resultado também ficou abaixo das expectativas do mercado, que projetavam ao menos 250 mil toneladas em vendas.

No overnight, a soja para janeiro perdeu 5,25 cents (0,53%), em US$ 9,8725 por bushel. Já o milho para março caiu 1,25 cents (0,35%), a US$ 3,5225 por bushel, enquanto vencimento março do trigo recuou 3,75 cents (0,86%), a US$ 4,3100 por bushel. (Nayara Figueiredo - nayara.figueiredo@estadao.com; com Dow Jones Newswires)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos