Agronegócios
14/07/2017 14:08

CME: apostas de alta de juros nos EUA recuam após dados ruins de inflação e vendas no varejo


São Paulo, 14/07/2017 - Os resultados abaixo do esperado do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) e das vendas no varejo nos Estados Unidos fizeram com que os investidores reajustassem suas posições em relação a apostas de elevação nas taxas de juros no país. Segundo o Departamento do Trabalho, o CPI ficou estável na passagem de maio para junho, enquanto analistas previam alta de 0,1%. Já o Departamento do Comércio informou que as vendas no varejo recuaram 0,2% em junho na comparação com o mês anterior, quando a projeção era de alta de 0,1%.

As apostas de elevação de juros em setembro baixaram de 13,7% pouco antes dos dados serem divulgados para 8,4%, de acordo com o CME Group. Já a reunião do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) que ocorre entre os dias 12 e 13 de dezembro, que antes apresentava 55,7% de chances de aumento nos juros, agora tem 52,9%. Apesar do recuo, a reunião de dezembro ainda é a próxima que apresenta mais de 50% de chances de um novo aperto monetário.

Também houve redução nas apostas do próximo ano. Para a reunião de janeiro, as apostas baixaram de 56,6% para 53,9%; enquanto as apostas para a reunião de março passaram de 66,4% para 63,0%. (Victor Rezende - victor.rezende@estadao.com)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos