Agronegócios
05/08/2022 08:30

Carne bovina/Abiec: receita com exportação em julho cresce 19,8% ante jul/21, para US$ 1,20 bi


Por Sandy Oliveira

São Paulo, 05/08/2022 - A receita com exportação brasileira de carne bovina no mês de julho cresceu 19,8%, passando de US$ 1,009 bilhão em julho de 2021 para US$ 1,209 bilhão. Quando se olha o volume, a alta foi de 0,3%, de 190,5 mil toneladas para 191,1 mil toneladas na mesma base comparativa. Os dados foram levantados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) e divulgados ontem (4) pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec).

Já em relação a junho de 2022, houve aumento de 5,8% na receita, passando de US$ 1,143 bilhão para US$ 1,209 bilhão. Já o volume cresceu 9,1% de 175.137 toneladas para 191.128 toneladas.

No acumulado deste ano, a exportação de carne bovina cresceu 45,5% em receita em comparação com igual período de 2021. De janeiro a julho deste ano, o faturamento com as vendas alcançou US$ 7,409 bilhões, ante US$ 5,092 bilhões em igual período do ano passado. Em volume, a alta foi de 17,7% para 1,253 milhão de toneladas ante 1,064 milhão de toneladas em 2021. No mesmo período, o preço médio da proteína cresceu 23,7%, de US$ 4,8 mil a tonelada para US$ 5,9 mil por tonelada.

O presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli, disse em comunicado que "os números mostram o trabalho feito para abertura de novos mercados e ampliação da presença nos países onde já atuamos, destacando sempre o papel do Brasil como parceiro comercial das nações e não como concorrente".

Nos sete meses de 2022, o Brasil exportou carne bovina para 159 países, sendo que os principais compradores foram a China, com US$ 4,4 bilhões, alta de 78,6% ante US$ 2,5 bilhões registrados em igual período de 2021. O volume embarcado avançou 32,6% e ficou em 650,1 mil toneladas ante 490,2 mil toneladas.

Na sequência estão os Estados Unidos, com US$ 591,2 milhões, alta de 49,2% ante US$ 396,4 milhões. A alta no volume foi de 59,7%, com 84,8 mil toneladas ante 53,1 mil toneladas. A receita dos embarques para o Egito no período cresceu 152,5% e ficou em US$ 300,1 milhões ante US$ 118,9 milhões, resultado do crescimento de 145,8% no volume de carne embarcado, que passou de 31,6 mil toneladas para 77,8 mil toneladas.

Os embarques para a União Europeia cresceram 33% em receita com US$ 339,5 milhões ante US$ 255,2 milhões, enquanto o volume embarcado aumentou 13,4% e fechou o período com 43,5 mil toneladas ante 38,4 mil toneladas no acumulado de 2021.

Já a receita acumulada dos embarques para os Emirados Árabes Unidos cresceu 33,7% e ficou em US$ 143,8 milhões ante US$ 107,5 milhões no acumulado do ano anterior. Em volume, o crescimento foi de 24,6%, passando de 25,3 mil toneladas para 31,6 mil toneladas em 2022.

Contato: sandy.oliveira@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: