Agronegócios
10/10/2018 10:26

CBOT: grãos tendem a abrir em queda pressionados com avanço da colheita nos EUA


São Paulo, 10/10/2018 - Os contratos futuros de grãos devem começar o pregão operando no campo negativo nesta quarta-feira na Bolsa de Chicago (CBOT), pressionados pelo avanço da colheita nos Estados Unidos. Ontem, após o fechamento de mercado, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou os dados semanais de acompanhamento de safra do país.

A soja deve abrir em queda, pressionada pela melhora na qualidade das lavouras norte-americanas, em comparação ao ano anterior, o que reitera a estimativa de safra cheia nos EUA. O USDA relatou que 68% da safra estava em condição boa ou excelente, até domingo (7), estável em relação à semana anterior. Há um ano, essa parcela era de 61%. O USDA informou ainda que 91% da safra tinha queda de folhas, em comparação com 85% na média de cinco anos. Já a colheita da oleaginosa estava em 32% até o último domingo, ante 34% há um ano e 36% na média dos cinco anos anteriores.

Já o milho tende a abrir em baixa, com o ritmo adiantado da colheita nos EUA. A colheita da safra 2018/19 de milho nos EUA atingiu 34% da área plantada na semana passada, de acordo com dados divulgados pelo USDA. Os trabalhos de campo estão adiantados em relação ao período correspondente do ano passado (21%) e à média dos cinco anos anteriores (26%). Segundo o USDA, 68% da safra de milho apresentava condição boa ou excelente até o último domingo (7), uma leve piora de 1 ponto porcentual ante a semana anterior. Na época correspondente do ano passado, essa parcela era de 64%. Além disso, 93% das lavouras estavam maduras, ante 83% na média de cinco anos. Em compensação, a diretriz que permite o uso do etanol E15 no combustível durante todo o ano nos EUA pode limitar as perdas do cereal.

Na mesma direção, o trigo deve abrir em queda. A semeadura do cereal de inverno atingiu 57%, ante 46% há um ano e 54% na média de cinco anos. O USDA disse também que 30% da safra emergiu, ante 28% na média de cinco anos.

No overnight, o vencimento novembro da soja caiu 4,50 cents (0,52%), a US$ 8,5850 por bushel. O milho para dezembro recuou 0,50 cent (0,14%), a US$ 3,6400 por bushel, enquanto igual vencimento do trigo perdeu 2,50 cents (0,49%), a US$ 5,1250 por bushel. (Isadora Duarte, isadora.duarte@estadao.com, com informações da Dow Jones Newswires)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos