Agronegócios
25/11/2021 08:34

Etanol/Unica: vendas na 1ª quinzena de novembro caem 25,56%, para 988 milhões de litros


Por Augusto Decker

São Paulo, 25/11/2021 - As unidades produtoras de etanol do Centro-Sul comercializaram um total de 988,151 milhões de litros de etanol na primeira quinzena de novembro, queda de 25,56% em relação ao mesmo período da safra anterior. Do total, 43,84 milhões de litros foram para exportação e 944,31 milhões de litros, ao mercado interno. Os dados são da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), divulgados em relatório quinzenal.

No mercado interno, as vendas de etanol hidratado alcançaram 538,85 milhões de litros na quinzena, redução de 32,09% sobre o volume apurado no mesmo período da última safra (793,47 milhões de litros). A quantidade comercializada de etanol anidro, por sua vez, apresentou variação positiva de 2,77%, com 405,46 milhões de litros vendidos em 2021 ante 394,52 milhões de litros em 2020.

O diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, afirma em comunicado que a dinâmica do mercado nas últimas quinzenas já era esperada, porque a perda de competitividade do etanol frente à gasolina reduz o consumo "e já equacionou o equilíbrio de oferta e demanda". Ele diz também que o menor consumo de combustíveis leves faz o preço do hidratado cair, o que tem acontecido nas últimas três semanas.

Padua disse ainda que a desvalorização do hidratado pressiona também o anidro, "pois os contratos de venda do produto vinculam o seu preço aqueles praticados para o hidratado. Essa condição indica que o aditivo pode contribuir para a redução do preço da gasolina e, em termos de volume, temos condição de atender a migração para o consumo de gasolina com os estoques de anidro nos produtores, com a produção a ser realizada até março e com a importação do biocombustível que vem sendo observada".

Desde o início da safra (abril) até a primeira quinzena deste mês, o volume de etanol vendido por usinas do Centro-Sul do País caiu 6,37%, a 17,91 bilhões de litros. Desse total, 1,04 bilhão de litros foi ao mercado externo (queda de 46,57%) e 16,87 bilhões ao mercado doméstico (perda de 1,83%). Do total vendido no mercado interno, o etanol anidro representou 6,40 bilhões de litros (aumento de 20,46%) e o hidratado, 10,48 bilhões de litros (queda de 11,80%).

Para Padua, o aumento na venda de etanol anidro dá mais segurança de planejamento aos agentes e garante segurança de abastecimento.

Contato: augusto.decker@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos