Agronegócios
07/10/2018 15:11

Raquel Dodge nega fraude em urnas alardeada em redes sociais


São Paulo, 07/10/2018 - A Procuradora-geral da República Raquel Dodge desmentiu informações veiculadas em redes sociais e aplicativos de mensagem sobre falhas em urnas durante a votação.

Em visita ao Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN) da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), Dodge afirmou que os técnicos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) consultados por ela negaram a ocorrência dessas falhas.

Vídeos que circulam nas redes levantam a suspeita que o número de um dos candidatos à Presidência da República não aparece na urnas. A denúncia da suposta fraude chegou a ser disseminada pelo filho de Jair Bolsonaro (PSL), o candidato ao senador Flavio Bolsonaro.

"Muitos vídeos falsos estão circulando no dia de hoje na expectativa de corromper a vontade do eleitor, de alterar esta vontade, levando o eleitor a crer que algo errado está acontecendo", disse Dodge.

De acordo com a PGR, a visita ao CICCN serviu para se certificar de que essas informações são inverídicas. "Ainda pouco estava no TSE e os técnicos garantiram que os pequenos defeitos de urnas foram prontamente corrigidos mas em um volume muito pequeno", completou.

Questionado se o MPF irá investigar a disseminação dessas informações falsas e se o candidato Flavio Bolsonaro será alvo de apuração, Dodge disse que "tudo será investigado e devidamente punido".

"Todos temos liberdade de expressão mas temos que contribuir para a disseminação de informações verdadeiras", completou Dodge que conclamou a população a ser cética em relação a essas notícias. (Fabio Serapião)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos