Agronegócios
25/05/2021 07:47

Sementes: produtores de feijão vão lançar programa de qualidade e contra pirataria


São Paulo, 25/05/2021 - A Ceptis Agro, líder em tecnologia de tintas de segurança, autenticação, rastreabilidade, e o Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses (Ibrafe) vão lançar, na quinta-feira (27) o Programa Semente Legal Ibrafe. O objetivo é de reduzir a comercialização de sementes piratas e aumentar os padrões de qualidade do processo produtivo de feijão no Brasil

Dados do Ibrafe apontam que cerca de 90% das sementes de feijão não são certificadas e têm suas origens desconhecidas. Uma semente fora do padrão pode causar queda na produtividade, disseminação de pragas e doenças, além de incentivar o mercado que não segue as normas legais oficiais.

Segundo comunicado da Ceptis Agro, a solução garante a origem e verifica a qualidade das sementes produzidas e distribuídas nacional e internacionalmente. Pela parceria, produtores de sementes, revendedores, distribuidores e consumidores poderão contar com o selo Semente Legal. Os produtos com a etiqueta são monitorados por um rigoroso sistema de rastreabilidade segura. O selo será um diferencial competitivo no mercado de sementes de feijões em todo o País.

A certificação não é obrigatória e poderá ser feita por adesão voluntária das empresas interessadas. Por meio do Semente Legal, produtores e consumidores finais podem verificar a procedência e ter segurança sobre a qualidade do produto.

Criado em 2017, o programa Semente Legal é uma solução desenvolvida pelo grupo Ceptis, por meio da Ceptis Agro, empresa brasileira detentora do direito de exploração da tecnologia suíça para a promoção do agronegócio por meio de soluções tecnológicas integradas. Com certificação desde as sementes forrageiras, até as de uso comum e insumos agrícolas e veterinários, o Semente Legal tem a finalidade de garantir a rastreabilidade segura e a origem aos produtos agrícolas.

Desde 2017, o programa é utilizado na rastreabilidade segura e certificação da origem das sementes forrageiras produzidas pela Unipasto, associação parceira da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) com associados nos Estados da Bahia, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo. Perto de 1,5 milhão de sacarias de sementes forrageiras dos associados da Unipasto já contam com o programa.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: