Agronegócios
30/06/2020 13:10

Trigo/Rússia: safra 2020/21 pode crescer 11%, para 82,7 Mi/T, prevê consultoria


Por Isadora Duarte

São Paulo, 30/06/2020 - A consultoria russa de pesquisa agrícola SovEcon estima que a produção de trigo do país na safra 2020/21 deve atingir 82,7 milhões de toneladas, conforme relatório divulgado hoje. Se confirmado, a safra russa será 11% maior que o colhido na temporada 2019/20, estimado em 74,5 milhões de toneladas pela consultoria.

A empresa destaca que, apesar da previsão de incremento na produção, os trabalhos de campo estão atrasados na comparação com igual período da temporada passada. Segundo a SovEcon, 597 mil hectares já foram colhidos no país, ante 1,2 milhão de hectares colhidos um ano antes.

A SovEcon também informou que a produtividade da safra de inverno está inicialmente abaixo do que o reportado na temporada passada, na média de 2,4 toneladas por hectare ante 4,4 toneladas por hectare. "Esperamos que os rendimentos melhorem substancialmente nos próximos dias, já que atualmente as lavouras mais prejudicadas por clima desfavorável provavelmente já foram colhidas", disse a o analista de mercado de trigo da região do Mar Negro e diretor da SovEcon, Andrey Sizov.

A previsão da consultoria é superior ao projetado por órgãos oficiais. O Ministério da Agricultura da Rússia prevê safra de 75 milhões de toneladas. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) estima que a Rússia produza 77 milhões de toneladas de trigo na safra 2020/21, conforme seu relatório de oferta e demanda deste mês, ante 73,61 milhões de toneladas colhidas do cereal no ciclo 2019/20 - também estimadas pelo USDA.

Contato: isadora.duarte@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos