Agronegócios
26/11/2020 13:24

Cacau: TFA promove diálogo com cadeia produtiva da Amazônia brasileira, peruana e colombiana


Por Tânia Rabello

São Paulo, 26/11/2020 - Representantes da cadeia produtiva do cacau na Amazônia brasileira, peruana e colombiana se reuniram na semana passada a fim de debater o posicionamento do cacau amazônico sustentável nos mercados globais. A reunião fez parte do 2º Diálogo sobre Cacau, encontro virtual promovido pela Tropical Forest Alliance (TFA), informou a entidade, em nota.

A Amazônia brasileira conta hoje com cerca de 18.500 produtores de cacau em área cultivada de 152 mil hectares, com produção de 135 mil toneladas de amêndoas/ano. Já na Amazônia peruana estão 138 mil cacauicultores, com produção média de 136 mil toneladas/ano. Os números da Colômbia se posicionam entre os dois outros países.

"Nos nossos diálogos, fica claro que o desenvolvimento sustentável do cacau amazônico e sua inserção mais destacada nos mercados globais está vinculada à consolidação de uma relação de confiança entre produtores e demais envolvidos na cadeia produtiva", comentou a diretora da TFA para a América Latina, Fabíola Zerbini. "É preciso também engajar outros stakeholders públicos e privados (governos locais, investidores, ONGs) para que os produtores possam contar com as ferramentas necessárias de infraestrutura, crédito e suporte técnico para melhorar a logística da produção e aumentar sua produtividade", assinalou.

Ainda segundo a nota da TFA, os participantes da videoconferência concordaram que para o fruto se tornar um aliado de fato na conservação da floresta amazônica e resultar em fonte maior de ganho financeiro para as comunidades locais, é preciso incrementar os sistemas de rastreamento do cultivo, fomentar um maior aproveitamento da diversidade genética do fruto, e alcançar uma melhor gestão de qualidade da produção.

O 3º Diálogo sobre Cacau está marcado para o início de dezembro, ocasião em que os participantes de Brasil, Colômbia e Peru terão como objetivo finalizar e assinar o Acordo Conjunto pelo Cacau Originário da Amazônia.

Contato: tania.rabello@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos