Agronegócios
15/10/2020 12:40

Trigo: indústria de pães, massas e biscoitos tambem rejeita produto transgênico


São Paulo, 15/10/2020 - A Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi) decidiu, em reunião com associados ontem (14), não apoiar a liberação comercial do trigo geneticamente modificado aprovado na Argentina. Esse posicionamento será apresentado no dia 22 de outubro em audiência pública virtual convocada pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio). Ontem, a Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo) já havia rejeitado a ideia, com base em pesquisa feita com moageiros brasileiros, na qual 85% deles reprovaram a utilização de trigo transgênico e 90% informaram estarem dispostos a interromper suas compras de trigo argentino, caso se inicie a produção comercial naquele país e sua exportação para o Brasil.

"Entre os principais pontos argumentados está a preocupação do setor com a aceitação do consumidor em relação a produtos elaborados com cultivos transgênicos"disse a Abimapi também em nota. A entidade acrescentou que "apoia inovações fundamentadas cientificamente e sempre se posicionou diante das demandas dos consumidores preocupados com a segurança dos alimentos". Outra preocupação, destaca, se refere à rotulagem dos produtos com ingredientes transgênicos. O decreto 4.680, de 2003, e a Portaria 2658/2003 determinam "a colocação do nome do ingrediente OGM, das espécies doadoras dos genes e do triângulo - símbolo de transgenia", cita a Abimapi no comunicado.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos