Agronegócios
28/05/2019 14:51

Raiva bovina: vacinação torna-se obrigatória ma Grande Florianópolis, informa Cidasc


São Paulo, 28/05/2019 - A Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) divulgou comunicado no qual informa que a vacinação contra raiva se tornou obrigatória na Grande Florianópolis, após a confirmação de focos da doença na zona rural de Tijucas e Biguaçu. Todos os bovinos, suínos e equinos devem ser vacinados e a nota fiscal apresentada no escritório municipal da Cidasc.

Conforme o comunicado, a vacinação é obrigatória no meio rural de Tijucas, Canelinha, Biguaçu, São João Batista e Governador Celso Ramos.

Os médicos veterinários da Cidasc visitarão as propriedades rurais orientando os produtores sobre os riscos da doença e a importância da vacinação. A raiva é uma doença fatal que acomete os mamíferos, inclusive seres humanos.

A doença é transmitida por animais domésticos, animais de produção e animais silvestres, ataca o sistema nervoso central, causando mudança de comportamento, paralisia e em alguns casos, agressividade.

O animal doente elimina o vírus da raiva pela saliva, por isso, não se deve colocar a mão na boca de cavalos ou bovinos que estejam com dificuldade de locomoção ou salivação intensa. Usualmente, a doença é transmitida por meio da mordida do animal infectado, mas o simples contato entre saliva e feridas abertas, mucosas e arranhões também propaga o vírus.

Caso seus animais tenham marcas de mordedura causada pelo morcego hematófago, a recomendação é comunicar a Cidasc, mesmo que não estejam doentes.

Morcegos

Os morcegos hematófagos são os principais hospedeiros do vírus da raiva por via aérea na América do Sul. Avise ao médico veterinário da Cidasc se souber de algum local que possa abrigar morcegos hematófagos, tais como, cavernas; grutas; ocos de árvore; túneis; bueiros; passagem sob rodovias, cisternas e poços; casas e construções abandonadas. Nunca tente capturar um morcego, chame um profissional capacitado para removê-lo adequadamente.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: