Agronegócios
11/06/2019 11:31

EUA/USDA: conflito comercial e clima adverso são desafios sem precedentes, diz economista-chefe


Londres, 11/06/2019 - "Os agricultores dos Estados Unidos enfrentam desafios sem precedentes por causa dos conflitos comerciais e dos fenômenos climáticos adversos que prejudicam a safra 2019/20", disse Robert Johansson, economista-chefe do USDA, durante evento do Conselho Internacional de Grãos (IGC). O representante do USDA citou a queda significativa nas vendas de soja norte-americana para a China e a quebra de qualidade esperada para as culturas de verão, por causa do plantio atrasado e das chuvas consecutivas, como problemas históricos para a produção agrícola do país.

Segundo Johansson, a disseminação da peste suína africana (ASF, na sigla em inglês)na Ásia também agrava os problemas do setor no país, podendo levar à menor demanda por cereais para ração animal. O economista-chefe do USDA estima que somente na temporada 2022/23 as reservas domésticas de soja dos EUA irão cair para o nível observado antes do conflito comercial do país com a China. Fonte: Dow Jones Newswires.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos