Economia & Mercados
22/11/2017 09:57

IPO da BR Distribuidora poderá render até R$ 7,5 bilhões à Petrobras


A oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da BR Distribuidora poderá girar até R$ 7,5 bilhões, se houver demanda para todos os lotes extras e se a ação for precificada no teto da faixa indicativa de preço, que está entre R$ 15 e R$ 19. A Petrobras irá vender entre 25% a 33,75% da companhia, porcentual que dependerá dos lotes que serão vendidos no mercado.

A apresentação aos investidores, o chamado roadshow, começa nesta quarta-feira, 22, e irá até o dia 13 de dezembro, quando a ação será precificada no âmbito da oferta.

A oferta será apenas secundária, ou seja, todo os recursos levantados no IPO irão para o caixa da Petrobras. O lote principal é formado por 291.250.000 ações ordinárias, montante que poderá ser acrescido do lote suplementar, de até 15% do principal, ou 43.687.500 ações. Há ainda o lote adicional, caso haja demanda, de até 20% do lote principal, o que significa até 58.250.000 ações.

As ações da BR serão listadas no Novo Mercado, segmento de mais elevadas práticas de governança corporativa da B3, sob o código BRDT3. A previsão é de que as ações comecem a ser negociadas na B3 no dia 15 de dezembro.

São coordenadores da oferta Citi, Banco do Brasil, Bradesco BBI, Itaú BBA, JPMorgan, Morgan Stanley e Santander. Para o final do ano, são esperados ainda os IPOs do Burger King Brasil e Neoenergia.
Para ver esta notícia sem o delay contrate um dos produtos Broadcast e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos