Economia & Mercados
21/11/2017 17:35

Correção: Alckmin prevê reorganização da Sabesp no começo de 2018


A matéria publicada anteriormente tinha incorreções no título e no primeiro parágrafo do texto. Ao contrário do informado, a Sabesp não será privatizada, mas, sim, passará por uma reorganização societária. O governo vai transferir a totalidade das ações que possui na Sabesp para uma holding, a qual poderá vender até 49,9% de suas ações a investidores minoritários. Os papéis desse controladora, contudo, não serão negociados em bolsa. Hoje, 49% do capital social das Sabesp já é pulverizado e as ações negociadas na B3. Segue abaixo o texto corrigido.

O governador de São Paulo e pré-candidato à Presidência da República, Geraldo Alckmin (PSDB), disse que aguarda apenas a definição do governo federal sobre o prazo de concessão para privatizar a Companhia Energética de São Paulo (Cesp). Já a reorganização da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) depende somente do governo estadual e irá ocorrer no início de 2018.

A ideia, segundo o governador, é que o governo fique com 51% da holding que controlará a Sabesp. Já a Cesp será totalmente privatizada, também em leilão, e o novo dono poderá ganhar prazo de mais 20 anos para exploração do ativo.

"São modelos distintos. A Sabesp estamos estudando criar uma holding e colocar as ações no mercado, e ter subsidiárias integrais, com governo mantendo o controle. A Cesp vamos fazer privatização", explicou a jornalistas, após participar de evento promovido pelo jornal O Globo. "É tudo para o começo do ano que vem", completou.

No debate, Alckmin afirmou que tem intenção de reduzir o tamanho do Estado na economia e ressaltou a péssima situação fiscal que o Brasil vive hoje.

"O Brasil é um dos países mais injustos do mundo, da maneira como arrecada e da maneira como devolve os recursos", afirmou Alckmin, lembrando que quando o PSDB foi governo "privatizamos tudo, só não privatizamos o que não tinha comprador".
Para ver esta notícia sem o delay contrate um dos produtos Broadcast e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos