Economia & Mercados
23/11/2017 04:57

ThyssenKrupp tem prejuízo no ano fiscal de 2017 com venda da CSA no Brasil


O grupo industrial alemão ThyssenKrupp divulgou hoje que teve prejuízo líquido de 649 milhões de euros (US$ 767,4 milhões) no ano fiscal de 2017 (encerrado em setembro), revertendo lucro de 296 milhões de euros do ano anterior.

A perda foi atribuída principalmente a encargos relacionados à venda de operações no Brasil. Em setembro, a ThyssenKrupp concluiu a venda da Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA), localizada no Rio de Janeiro, para a Ternium, por 1,5 bilhão de euros. A operação exigiu uma baixa contábil de cerca de 900 milhões de euros.

Por outro lado, a ThyssenKrupp elevou seu Ebit ajustado em 30% no ano fiscal, a 1,91 bilhão de euros, superando com folga a previsão de 1,74 bilhão de euros apurada pela FactSet. Além disso, as vendas do grupo cresceram 9,4%, a 42,97 bilhões de euros, graças a um avanço nos preços do aço.

Para o ano fiscal de 2018, a ThyssenKrupp prevê Ebit ajustado de 1,8 bilhão de euros a 2 bilhões de euros e lucro líquido superior a 270 milhões de euros. Fonte: Dow Jones Newswires.
Para ver esta notícia sem o delay contrate um dos produtos Broadcast e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos