Economia & Mercados
22/08/2019 10:05

Petrobras e Telebras são questionadas por oscilação atípica de ações


Em resposta a ofício enviado pela B3 na quarta-feira, 21, sobre negociações atípicas com suas ações, a Petrobras informou que não recebeu "qualquer diretriz de seu acionista controlador (União) ou de terceiros a respeito de eventuais atos ou fatos que pudessem justificar possíveis oscilações atípicas" no pregão de ontem, "além daqueles amplamente já divulgados pela companhia".

Também questionada pelo mesmo motivo, a Telebras atribuiu tais oscilações "a rumores na mídia digital acerca da possibilidade de privatização de 17 empresas estatais", ela incluída.

Na tarde de ontem, as ações da Petrobras dispararam com a notícia de que o plano da equipe econômica é privatizar a estatal até o fim do governo Jair Bolsonaro. As ações da estatal já operavam em alta desde a manhã beneficiadas ainda por decisão favorável do Carf em processo administrativo fiscal que trata de cobrança de CIDE. Mais tarde, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que o governo ainda não decidiu colocar a Petrobras na carteira do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos