Economia & Mercados
06/02/2021 07:11

Igah Ventures levanta fundo de US$ 130 mi


Apesar de um lançamento sem fanfarra, a firma de venture capital Igah Ventures teve uma marca importante no ano de estreia: a captação para o seu fundo de investimentos foi de US$ 130 milhões, superando a meta inicial de US$ 100 milhões.

Os nomes por trás da Igah acumulam bagagem - ela nasceu da junção de duas empresas com experiência: a e.bricks ventures (de Pedro Melzer, Eduardo Melzer e Márcio Trigueiro) e a Joá Investimentos (de Luis Felipe Magon, Gilberto Sayão, Rodrigo Xavier e o apresentador Luciano Huck).

Como conta Melzer ao Estadão, o objetivo da união era bem claro: mirar investimentos em startups com modelos de negócio que entregam eficiência, que podem crescer muito e com um planejamento econômico eficiente.

Durante o ano, a empresa aportou em seis startups (Acesso Digital, Avenue, Conexa, Dr jones, 1 2 3 Beauty e Bxblue) e deve anunciar mais dois cheques nas próximas semanas.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos