Economia & Mercados
24/06/2022 18:29

Entrevista/Citi/Leonardo Porto: Não dá para parar ciclo de juro com IPCA rodando a 2 dígitos


Por Bárbara Nascimento e Eduardo Laguna

São Paulo, 24/6/2022 - Com a desancoragem de expectativas ainda em curso e uma inflação espalhada pela economia, o Banco Central (BC) deve ter dificuldade de interromper o ciclo de alta de juros agora. Em entrevista ao Broadcast, o economista-chefe do Citi Brasil, Leonardo Porto, afirma que o banco ainda mantém sua projeção de Selic terminal em 13,75%, mas vê riscos de os juros continuarem escalando depois da reunião do Copom da primeira semana de agosto. "Estamos com call de 13,75%, mas é o mínimo", aponta.



Porto acredita que, uma vez no pico, a Selic deve ficar intacta até, pelo menos, o fim do primeiro semestre do ano que vem. Para ele, se retornarem no ano que vem, os impostos federais zerados nos combustíveis levariam a inflação para 5,2%. O Citi, contudo, trabalha com a possibilidade de nenhum dos candidatos líderes nas pesquisas eleitorais ter pressa em reverter a desoneração.

Porto pondera ainda que, até o momento, tanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) quanto o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (PL), têm propostas que caminham para dinâmicas de dívida parecidas. Prevê, assim, bem menos volatilidade advinda das eleições neste ano.

As reportagens exclusivas produzidas pela equipe do Broadcast estão disponíveis na íntegra para assinantes do terminal. Para saber mais sobre o Broadcast, entre em contato com comercial.ae@estadao.com ou ligue para 3856-3500 (São Paulo) ou 0800 011 3000 (outras localidades).

Contatos: barbara.nascimento@estadao.com; eduardo.laguna@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: