Economia & Mercados
03/12/2017 09:29

Rebeldes do Iêmen alegam ter lançado míssil contra Emirados Árabes Unidos, que negam disparo


Dubai, 3/12/2017 - Os rebeldes xiitas do Iêmen, os houthis, afirmaram ter lançado neste domingo um míssil contra uma usina nuclear em construção nos Emirados Árabes Unidos, que contesta a informação.

As obras da usina nuclear de Barakah está estimada em US$ 20 bilhões. Ela se localiza no extremo oeste de Abu Dhabi, quase na divisa com a Arábia Saudita. O primeiro de seus quatro reatores está programado para entrar em funcionamento em 2018.

A reivindicação do ato deste domingo pelos houthis ocorre em meio a fortes combates na capital do Iêmen, Sanaa, onde os rebeldes estão enfrentando forças leais ao ex-presidente do país, Ali Abdullah Saleh, no quinto dia direto de luta de rua.

Ela também ocorre três dias depois de a Arábia Saudita interceptar e destruir um míssil lançado do Iêmen contra a cidade de Khamis Mushai, no sul do país.

Porém, a agência de notícias estatal dos Emirados Árabes Unidos, que em um primeiro momento não havia se pronunciado, negou que o míssil havia sido lançado e que o país tem um sistema de defesa aérea capaz de protegê-lo. Fonte: Associated Press.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos