Economia & Mercados
03/06/2021 11:13

Apex Group compra BRL Trust por valor não revelado, e Ricardo Lima Soares vai liderar operação


Por Matheus Piovesana

São Paulo, 03/06/2021 - A gestora estrangeira Apex Group anunciou nesta quinta-feira, 3, a compra da brasileira BRL Trust, em operação que não teve o valor informado. De acordo com a Apex, a aquisição adicionará R$ 198 bilhões em ativos sob gestão e outros R$ 166,7 bilhões em ativos sob custódia à sua carteira, através de recursos geridos por 560 fundos brasileiros e internacionais. Ricardo Lima Soares será o líder da operação local.

A Apex afirma que o negócio reforça seus investimentos no mercado latino americano, ao complementar sua capacidade no private equity e adicionar serviços de gestão de ativos líquidos no Brasil e nos demais países da região. "Este acordo complementa o anúncio prévio do Grupo de sua intenção de adquirir a MAF, o negócio de administração de fundos do Banco Modal, que está aguardando aprovação regulatória", informou a empresa em comunicado.

A BRL é a principal gestora independente de fundos do mercado brasileiro, e tem entre seus principais clientes grandes investidores institucionais internacionais, fundos soberanos, empresas de private equity, conglomerados empresariais e instituições financeiras.

A gestora foi criada em 2005, e ocupa o primeiro lugar no ranking da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) entre gestoras independentes.

Após as aprovações regulatórias, a BRL vai adicionar 160 funcionários às operações da Apex, que passará a ter 500 colaboradores nas Américas. Quando a aquisição da MAF for concluída, Ricardo Lima Soares, atual CEO da MAF, será o líder da operação local de todo o grupo.

O fundador e CEO do Apex, Peter Hughes, afirmou através de nota que a compra da BRL torna o Grupo o maior provedor independente de serviços financeiros do País. "Seja o que os gestores estiverem buscando levantar, operar e investir em fundos domésticos no Brasil ou em mercados internacionais, a Apex vai ser a escolha padrão para fornecer serviços a estes fundos."

O co-CEO da BRIL, Danilo Barbieri, considerou que os clientes da gestora vão se beneficiar da presença internacional e da carteira de produtos da Apex. "Nós compartilhamos a visão da Apex de que há valor e potencial de crescimento significativos no mercado brasileiro, e estamos empolgados em nos tornar parte de um grupo que cresceu e se tornou um dos maiores do mundo", afirmou.

A transação deve ser concluída no segundo semestre. A Alvarez & Marsal foi a consultora financeira e tributária do Apex, e o Lefosse Advogados e o Willkie Farr and Gallagher deu assessoria legal. O Vinci Partners e o Souza, Mello e Torres aconselharam a BRL Trust.

Contato: matheus.piovesana@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos