Economia & Mercados
08/02/2019 11:59

Mattar: não pode permitir que setor privado coloque só 10% nos empréstimos com BNDES


Rio, 8/2/2019 - O secretário Especial de Desestatização e Desinvestimento, Salim Mattar, afirmou há pouco em evento sobre desestatização no Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que não será mais permitido que empresários garantam seus investimentos com a maioria dos recursos do governo, por meio do BNDES, alegando que esse modelo é estatizante. Ele disse que o novo governo deve vender as estatais que forem possíveis, e “preservar aquelas que os generais acham importantes preservar”.

Em debate que está sendo realizado nesta manhã no banco, Mattar citou como estatais que não estão na lista de privatização a Petrobras, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, e disse que é importante também zelar para que novas estatais não sejam criadas.

“Daqui para frente, vamos evitar novas estatais. Nesse momento tem um projeto de lei no Congresso para cuidar do espaço aéreo, mas isso pode ser feito por uma autarquia”, explicou, ressaltando que a criação dessas empresas servem “para fugir da 8666, para ter mais liberdade”.

“Continua sendo estatal uma concessão cujo financiamento é 100% do BNDES. Não vamos mais permitir”, disse Mattar.

Segundo ele, o papel que exercerá no governo é justamente para que empresas assim não sejam mais criadas e impulsionar a privatização de outras, mas não citou exemplos.

Sobre a atuação do BNDES no financiamento empresarial, Mattar declarou que é necessário reduzir os recursos cedidos aos empresários para que o governo possa investir nas áreas prioritárias.

“Temos que estimular o empresário a buscar o dinheiro fora, nós não podemos mais nos permitir que o empresário ganhe uma obra, uma concessão e coloque 10% do seu capital e 90% do BNDES, isso é estatismo”, explicou. “Não podemos financiar empresários se temos falta de quartos nos hospitais, policiais sem gasolina nas viaturas, escolas que não têm qualidade na sala de aula”, concluiu.(Denise Luna e Renata Batista/Denise.luna@estadao.com e renata.batista@estadao.com)R
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos