Economia & Mercados
25/11/2020 12:11

BC/Rocha: investidores estrangeiros estão recompondo exposição ao Brasil, mas ainda é parcial


Por Fabrício de Castro e Eduardo Rodrigues

Brasília, 25/11/2020 - O chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha, avaliou há pouco que os investidores estrangeiros estão recompondo sua exposição ao Brasil, mas reiterou que essa recomposição ainda é parcial. “Os investidores estrangeiros estão voltando nos últimos seis meses (junho a novembro)”, destacou.
Ele lembrou que os fluxos em portfólio foram a rubrica que reagiu com mais rapidez à pandemia de covid-19, com forte fuga de capital em março e novas saídas líquidas ainda em abril e maio.

“Esses foram os meses mais difíceis da pandemia, no Brasil e no exterior, com muitas incertezas sobre a doença e a paralisação da atividade econômica. A partir de junho e em todos os meses até novembro - com dados parciais - já são meses de entradas líquidas”, repetiu.

De fevereiro a maio, a saída líquida em portfólio alcançou US$ 35,3 bilhões, enquanto as entradas de junho a outubro somam US$ 12,3 bilhões. O Banco Central informou hoje que o investimento em portfólio também está positivo em US$ 6,134 bilhões em novembro, até o dia 20.

“A taxa de rolagem de 170% em novembro também indica ingressos de recursos no País. O investimento em portfólio e a rolagem justificam o fluxo cambial total positivo de US$ 5,650 bilhões em novembro até o dia 20”, completou Rocha.

Contato: fabricio.castro@estadao.com e eduardor.ferreira@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos