Economia & Mercados
06/12/2017 18:46

BC: caso cenário evolua como esperado, copom vê adequada nova redução na magnitude de corte


Brasília, 06/12/2017 - O Banco Central manteve a porta aberta para novo corte do juro no início de 2018. A indicação veio no comunicado distribuído logo após a redução da taxa Selic para o piso histórico de 7% ao ano. O documento nota, porém, que o cenário básico sinalizado para os próximos passos do Comitê de Política Monetária (Copom) está mais suscetível a mudanças que no passado.

A indicação do BC de que pode continuar cortando o juro veio no penúltimo parágrafo do documento. "Para a próxima reunião, caso o cenário básico evolua conforme esperado, e em razão do estágio do ciclo de flexibilização, o Comitê vê, neste momento, como adequada uma nova redução moderada na magnitude de flexibilização monetária", cita o documento.

Apesar de indicar que pode cortar o juro, o BC reconhece que a indicação para a próxima reunião "é mais suscetível a mudanças na evolução do cenário e seus riscos que nas reuniões anteriores". Ou seja, cresceu a possibilidade de mudança à frente.

Para as decisões posteriores à reunião de fevereiro de 2018, o Copom diz que "entende que o atual estágio do ciclo recomenda cautela na condução da política monetária".

Independentemente do movimento nas próximas reuniões, o BC repetiu a explicação de que o processo de flexibilização monetária "continuará dependendo da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos, de possíveis reavaliações da estimativa da extensão do ciclo e das projeções e expectativas de inflação". (Fernando Nakagawa e Fabrício de Castro - fernando.nakagawa@estadao.com e fabricio.castro@estadao.com)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos