Economia & Mercados
04/12/2017 14:25

Vale pretende fazer com que outros setores deem retorno como o minério


O presidente da Vale, Fabio Schvartsman, disse nesta segunda-feira, 4, que a companhia investiu muito mal no passado em projetos que não deram o retorno esperado, e que o objetivo agora é fazer com que os outros segmentos da empresa deem tanto retorno como o minério de ferro.

Ele lembrou que a Vale seguiu uma prática de todo o setor de mineração nos últimos anos, que utilizaram os recursos obtidos com o "superciclo" do minério de ferro para grandes investimentos e acabaram o processo endividadas.

"O que eu acho que é o pior de tudo é que se olharmos os resultados antes do superciclo e depois do superciclo, mais de US$ 1 trilhão foi investido e não produziu nada de valor para as empresas", afirmou, durante apresentação no seminário Reavaliação do Risco Brasil, promovido pela Fundação Getúkio Vargas(FGV).

"A Vale fez as mesmas coisas que as outras fizeram, investiu demais e não produziu resultado satisfatório",completou.

Ele informou que sob sua gestão a Vale fará todo o esforço para alocar melhor o capital da companhia e fazer com que outros produtos também deem resultados para a empresa. "Vale investiu muito em níquel e não tem retorno", exemplificou. "Objetivo não é ficar com caixa, a Vale vai pagar dividendos como nunca pagou antes", afirmou.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos