Economia & Mercados
11/09/2017 07:49

Âmbar Energia, da J&F, faz chamada pública para compra de gás natural


A Âmbar Energia, do grupo J&F Investimentos, publicou chamada pública em jornais para compra de até 2,2 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural. A Petrobras era a fornecedora para a usina térmica da Âmbar, mas o abastecimento foi suspenso desde que Wesley Batista confessou ter participado de esquema de corrupção. Segundo a chamada pública, os interessados devem apresentar proposta comercial de venda de gás natural até às 18h do dia 22 de setembro.

No dia 1º de setembro, o juiz Luiz Eduardo de Castro Neves, da 21ª Vara Cível da Capital do Rio de Janeiro, anulou uma liminar que obrigava a Petrobras a fornecer gás natural para a Âmbar, em Cuiabá (MT).

Em sua decisão, o juiz considerou que a Petrobras comprovou que não há urgência no fornecimento de gás para a geração de energia, como argumentou a Âmbar Energia, já que a interrupção do funcionamento da térmica por três meses não gerou um apagão no mercado consumidor. Além disso, avaliou que a ausência de uma geração térmica pode ser substituída por outra e que a Petrobras agiu segundo a ética, "que deve nortear as relações comerciais", como informou a Justiça do Rio, em comunicado.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos