Economia & Mercados
14/10/2021 11:17

Abras/Milan: inflação não é só no Brasil; energia e combustível ainda devem ter efeito


Por Talita Nascimento

São Paulo, 14/10/2021 - O vice-presidente institucional da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Marcio Milan, disse que a disponibilização de um montante menor para o Auxílio Emergencial, bem como a inflação crescente têm impacto negativo sobre as vendas do supermercados. Com a queda de 2,33% no consumo das famílias em agosto na comparação com julho deste ano, o setor teve o pior recuo desde janeiro de 2020. “A inflação não é só no Brasil, é mundial. O aumento da energia e combustíveis ainda devem ter efeito (sobre os preços)”, diz.

Ele explica que alguns aumentos de preço de insumos do setor produtivo ainda não chegaram na ponta e que essas altas ainda devem aparecer para os consumidores. Como causas gerais da atual alta de preços, Milan cita a alta de insumos, desvalorização do real e o consequente aumento das exportações.

Na ponta, o consumidor acaba fazendo substituições em sua cesta de produtos. “Na carne bovina, quando comparamos o período de janeiro a julho deste ano com o mesmo período do ano passado, há um recuo de mais de 20% no consumo”, diz Milan.

Ainda assim, a associação mantém a projeção de crescimento do setor em 4,5% para o ano de 2021. Isso porque a estimativa é de um aquecimento desse segmento do varejo nos próximos meses.

Dentre os fatores positivos para os próximos meses, Milan cita a Semana Brasil e o feriado prolongado, que devem aparecer nos números de setembro; bem como a Black Friday, demais feriados e a reabertura da economia como um todo que teriam efeitos positivos nos meses seguintes.

Milan pontua que os problemas de insumos da indústria podem prejudicar as promoções de alguns segmentos de produtos, mas que isso seria algo pontual. “O varejo é criativo e rápido para programar ofertas. Pode haver alguns recuos, mas a perspectiva é de crescimento”, diz.

Contato: talita.ferrari@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos