Política
02/12/2019 21:30

Doria evita entrada principal de premiação de revista em meio a protesto


Por Flavia Alemi, Francisco Carlos de Assis e Cristian Favaro

São Paulo, 02/12/2019 - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), evitou a entrada principal do prêmio “Brasileiros do Ano” da revista IstoÉ em meio a um pequeno protesto promovido por três mulheres.

Com cartazes dizendo “Doria genocida do ano” e “Dallagnol fascista do ano”, elas gritavam palavras de ordem e cobravam, principalmente, o governador paulista, na entrada do Tom Brasil, na zona sul de São Paulo.

“Não aceitamos que Doria e Dallagnol recebam um prêmio por serem brasileiros do ano”, disse uma das manifestantes. A cobrança em relação a Doria diz respeito à operação policial do último fim de semana, que deixou nove mortos num baile funk em Paraisópolis.

Contatos: flavia.alemi@estadao.com, francisco.assis@estadao.com e cristian.favaro@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos