Política
01/12/2017 09:55

Polícia e MP prendem chefes de torcidas organizadas de times de futebol do Rio


São Paulo, 01/12/2017 - Policiais da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DCRI) e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) realizam na manhã desta sexta-feira, 1º, operação contra dirigentes de clubes de futebol do Rio e chefes de torcidas organizadas.

De acordo com o MPRJ, as investigações identificaram o desvio de ingressos para cambistas e o descumprimento de decisões judiciais. Segundo o inquérito, os clubes fornecem ingressos às torcidas organizadas, que acabam sendo desviados para cambistas.

O objetivo da Operação Limpidus é cumprir quatro mandados de prisão temporária, 13 de busca e apreensão e oito de condução coercitiva, todos expedidos pelo juiz Guilherme Schilling, do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos (JETGE).

Por volta das 6h, foram presos Manuel de Oliveira Menezes, presidente da Young Flu, Luiz Carlos Torres Júnior, o Fila, vice-presidente da Young Flu, e Ricardo Alexandre Alves, o Pará, presidente da Força Flu.

Anderson Simões, vice-presidente de futebol do Botafogo e Alessom Galvão de Souza, da torcida Raça, do Flamengo foram levados coercitivamente à Cidade da Polícia, no Jacaré. (Ana Paula Niederauer)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos