Política
15/07/2017 11:05

Mansueto volta a usar Twitter para defender reforma trabalhista


São Paulo, 15/07/2017 - O secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Mansueto Almeida, voltou a usar sua conta pessoal no Twitter para defender a reforma da trabalhista. "Reforma trabalhista é boa e pontos polêmicos, como prometido pelo governo, serão corrigidos por nova Medida Provisória", disse.

O secretário ainda reafirmou que o placar de aprovação da reforma trabalhista no Senado - 50 favoráveis e 26 contrários - foi expressivo e é um bom sinal para continuidade da agenda de reformas.

Mansueto listou algumas mudanças na legislação trabalhista, como a demissão por comum acordo, e reforçou que direitos constitucionais são preservados. "Lei ordinária não pode alterar Constituição Federal. Tutela do Estado é excessiva."

Segundo ele, de 35% a 39% da mão de obra brasileira é informal e não tem direito algum e a CLT, antes da reforma aprovada nesta semana, era um "empecilho à modernização". (Thaís Barcellos - thais.barcellos@estadao.com)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos