Política
13/09/2020 17:20

Rede privada de ensino do Rio garante na Justiça retorno a aulas presenciais


Por Fernanda Nunes

Rio, 13/09/2020 - Donos de escolas da rede privada da cidade do Rio conseguiram garantir na Justiça liberação para que as aulas presenciais sejam retomadas nessa segunda-feira. A decisão do desembargador Carlos Henrique Chrnicharo, do Tribunal Regional do Trabalho da 1a Região (TRT-RJ), atende pedido do Sindicato dos Estabelecimentos de Educação Básica do Município do Rio de Janeiro (Sinepe).

Com essa decisão, os proprietários de instituições de ensino invalidaram liminar concedida na última quinta-feira ao Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro e Região (Sinpro), que pediu a suspensão do retorno às aulas, inicialmente previsto para amanhã, por considerarem que a medida representaria um risco de proliferação da covid-19. Mas segundo o desembargador Chernicharo, "nenhum interesse privado ou de classe, poderá sobrejugar o interesse público, aquele de toda à coletividade".

Ele afirmou ainda que os professores inseridos na faixa de risco, definida pelas autoridades sanitárias, podem permanecer com o ensino à distância. Para isso, devem receber "os meios físicos e adequados" segundo a conveniência das instituições de ensino. Também os pais dos alunos terão a liberdade de optar por mantê-los nas aulas virtuais.

Contato: fernanda.nunes@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos