Política
04/07/2022 18:04

Aspas: Para Marcelo Ramos, votação remota desmoraliza Câmara e fragiliza debates sobre PEC


"Estão promovendo uma verdadeira esculhambação com o processo legislativo da Câmara dos Deputados. Esse negócio de presença remota e sessão que abre e fecha só pra contar prazo é uma desmoralização do papel da Câmara dos Deputados nos debates de uma PEC".

Do deputado Marcelo Ramos (PSD-AM), em publicação no Twitter. Nesta segunda-feira, 4, a sessão extraordinária convocada para votar projetos durou menos de seis minutos. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), tem permitido por meio de um ato regimental, que votações aconteçam de forma remota às segundas-feiras e sextas-feiras. A intenção, segundo interlocutores de Lira, é acelerar a apreciação de propostas como a PEC dos benefícios, a qual espera-se votar antes do recesso parlamentar que tem início no próximo dia 18.

Para saber mais sobre o Broadcast Político, entre em contato com comercial.ae@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: