Política
11/10/2018 18:14

Doria diz que eleição em São Paulo dará 'governabilidade' a eventual administração Bolsonaro


São Paulo, 10/10/2018 - O candidato ao governo do Estado do PSDB, João Doria, disse ter telefonado ao candidato à Presidência do PSL, Jair Bolsonaro, e que os dois tiveram uma conversa "boa e produtiva" na segunda-feira, fazendo um "alinhamento de governabilidade."

Doria, que tenta surfar a popularidade do capitão reformado do Exército, declarou ainda que a disputa em São Paulo não se restringe apenas ao Estado, Disputa mas definirá "a governabilidade do Brasil."

Questionado se existe alguma visita agendada, o tucano, que declarou apoio ao deputado no próprio domingo, disse que ainda não. "Vamos ver", desconversou.

Os comentários foram feitos após o anúncio de adesão, à chapa de Doria, do PRTB, partido do vice na chapa de Jair Bolsonaro, general Hamilton Mourão. Apesar do gesto, o ex-prefeito não recebeu de volta apoio do presidenciável.

"Recomendei, não sou capitão nessa hora, neutralidade. Não vou meter minha colher em problemas partidários", disse Bolsonaro, que realiza um evento com aliados no Rio também nesta tarde. O candidato confirmou o telefonema de Doria, mas disse que ele ocorreu ontem.

O principal entrave ao apoio do PSL ao tucano seria o deputado Major Olímpio, principal liderança do partido no Estado, que é crítico ao PSDB. Sobre ele, Doria disse "não ter magoas" e que entende sua "posição de antagonismo com o PSDB e com (o ex-governador Geraldo) Alckmin". Um eventual entendimento com o PSL, se ocorrer, acrescentou, será comunicado pela sua direção nacional. (Marcelo Osakabe)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos