Política
22/05/2020 17:36

Bolsonaro/vídeo: Já tentei trocar segurança RJ, se não puder, troca o chefe, troca o ministro


São Paulo, 22/05/2020 - Em um dos trechos mais aguardados da reunião do dia 22 de abril, que vai ao encontro do que revelou o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, o presidente Jair Bolsonaro disse que já tinha tentado trocar gente da sua segurança no Rio de Janeiro e não conseguiu. Demonstrando exaltação pela dificuldade em fazer essas mudanças e dizendo que tinha o poder de interferir em qualquer ministério - abrindo exceção para dizer que no do ministro da Economia, Paulo Guedes, nunca teve essa necessidade, o mandatário disse: "Se não puder trocar, troca o chefe dele, troca o ministro."

Na reunião, Bolsonaro justificou que pretendia armar a população porque no seu entender é fácil impor uma ditadura no Brasil. "Povo armado jamais será escravizado". Entremeando palavrões, como ao se referir aos governadores de São Paulo, João Doria, e Rio de Janeiro, Wilson Witzel, ferrenhos defensores do isolamento social, Bolsonaro disse que os que não aceitarem sua maneira, estão no governo errado. Segundo o mandatário, suas maneiras são "família, Deus e liberdade de expressão".
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos