Política
21/01/2022 19:21

Mãe de Bolsonaro é enterrada em Eldorado, SP; presidente e primeira-dama acompanharam cortejo


Por Gustavo Queiroz

São Paulo, 21/01/2022 - O presidente Jair Bolsonaro acompanhou nesta sexta-feira, 21, no município de Eldorado, no interior de São Paulo, o sepultamento de sua mãe, Olinda Bonturi Bolsonaro. Bolsonaro chegou de helicóptero ao município, perto das 15h, acompanhado da primeira-dama Michelle Bolsonaro, dos filhos Flávio e Renan Bolsonaro e da nora, Fernanda Bolsonaro.

O grupo seguiu ao Salão Paroquial do Santuário Nossa Senhora da Guia, no centro da cidade, onde o corpo foi velado, acompanhou uma cerimônia religiosa no local e seguiu em cortejo fúnebre até o Cemitério Central de Eldorado.

Um grupo de moradores da cidade acompanhou a comitiva presidencial por cerca de 500 metros na caminhada para o cemitério. Ao longo da tarde, diversas coroas de flores foram entregues no local, incluindo uma pela Marinha do Brasil.

Olinda morreu na madrugada desta sexta-feira, 21, aos 94 anos, após quatro dias internada no Hospital São João, em Registro, no interior de São Paulo. O presidente confirmou o falecimento em sua conta pessoal no Twitter. A causa da morte não foi informada formalmente. Segundo um funcionário da prefeitura que pediu para não ser identificado, Olinda foi internada com um quadro de desidratação e infecção urinária. Segundo o portal G1, ela sofreu duas paradas cardiorrespiratórias e não resistiu.

“Com pesar o passamento da minha querida mãe. Que Deus a acolha em sua infinita bondade”, escreveu Bolsonaro no Twitter, ao publicar um vídeo em que a família aparece na companhia de dona Olinda.

Desde esta quinta-feira, 20, o presidente estava no Suriname, onde se reuniu com autoridades locais para tratar de cooperação econômica no setor de petróleo e gás. Ele viajaria hoje para a Guiana.

Ele se encontraria nesta sexta-feira com o chefe do Executivo da Guiana, Irfaan Ali, para tratar de relações bilaterais e cooperação econômica. Em sua primeira viagem internacional neste ano, o presidente se reuniu nesta quinta-feira, 20, com o líder do Suriname, Chandrikapersad Santokhi, na sede do governo local.

Após o encontro com o surinamês, Bolsonaro afirmou que o Brasil pode cooperar com o país vizinho na prospecção de petróleo e gás, por meio da Petrobras. Recentemente, foram descobertas reservas de hidrocarbonetos tanto no Suriname quanto na Guiana.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: