Política
09/10/2018 17:08

Em resposta a Bolsonaro, Haddad diz que cultiva democracia e não uma tradição autoritária


São Paulo, 09/10/2018 - O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, afirmou há pouco, em coletiva de imprensa após reunião com governadores do Nordeste, que, diferente do concorrente Jair Bolsonaro (PSL), ele cultiva a "democracia, e não uma tradição autoritária".

Ontem, Haddad pediu o apoio de Bolsonaro para não disseminarem notícias falsas. Na sequência, via Twitter, o capitão da reserva chamou o petista de "canalha".

Haddad criticou ainda a demora da Justiça Eleitoral de exigir a retirada de "fake news" da internet. "Quando a justiça atrasa a providência, o mal está feito", disse.

Na coletiva, Haddad disse ainda que pretende expor a diferença com Bolsonaro. "Nós vamos manter a linha propositiva, mostrar a inconsistência e a incoerência das propostas dele. Nossa única arma vai ser o argumento", afirmou. (Mateus Fagundes e Daniel Weterman)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos