PR Newswire Economia
11/06/2019 11:47

68ª Reunião do GIF Innovation & Future


68ª Reunião do GIF Innovation & Future

Fundador/Presidente da SBPNL e Vice-Presidente do CONAR abordam aspectos relevantes sobre os níveis neurológicos das lideranças e a ética nas comunicações

PR Newswire


SÃO PAULO, 11 de junho de 2019 /PRNewswire/ -- Sobre o papel da comunicação na liderança - Promover o diálogo e incentivar a troca de informações estão entre alguns desafios de um líder. Afinal, não existe liderança sem uma comunicação clara e eficiente. Sabe-se que uma empresa é feita de processos e para que eles ocorram, é necessário ter pessoas e ferramentas com as habilidades necessárias para levar os conhecimentos adiante.


A comunicação é mais do que apenas a transmissão de algumas palavras. A mensagem, por assim dizer, deve ser compreendida por todos que estão participando da conversa. Portanto, vale lembrar que se algo não vai bem em uma empresa é porque a sua missão em transmitir informações importantes sobre o negócio precisa ser revista.


É claro que nem tudo é tão simples afinal, os "receptores das mensagens" são indivíduos singulares e cada um pode interpretar os fatos de acordo com suas experiências. As redes sociais são a prova viva de que um conteúdo mal compreendido pode virar motivo de crise.


Pensar na comunicação é também uma forma de garantir a qualidade do trabalho dos grandes líderes. "O desafio é levar a informação para todas as camadas da empresa. O líder de hoje precisa ter subsídios para transmitir a realidade para todas as camadas. É interessante perceber as movimentações das empresas e do CONAR com relação à integridade dos fatos e qualidade dos assuntos veiculados. O diálogo com os públicos de uma organização deve ser feito de forma responsável e integrada aos valores sociais", comentou um dos participantes.


Liderança na transformação digital - A figura de um líder tem passado por uma série de testes. A quantidade de informações e os avanços tecnológicos despertam progressivamente a necessidade de empresas e modelos de gestão mais flexíveis e colaborativos. As palavras sozinhas perderam o significado e abriram espaço para um discurso congruente de informações construtivas e enriquecedoras para quem ouve.


A avaliação da comunicação verbal e não verbal somada à linguagem e ao poder de influência fazem parte dos estudos da Programação Neurolinguística. O treinamento dessa habilidade visa a capacitação de gestores na utilização de ferramentas que corroboram para o aumento da produtividade, redução do estresse e oferece métodos de como gerenciar os próprios pensamentos.


"O exercício da programação neurolinguística mostra como desenvolver flexibilidade e inteligência emocional para melhor responder aos eventos e mudanças que ocorrem na vida. Com a PNL o líder descobre a importância de todos os aspectos da comunicação e entende como estabelecer e definir objetivos claros e práticos para a evolução de seus empreendimentos", explica Gilberto Cury, Fundador e Presidente da Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística (SBPNL).


As organizações vivem a era dos dados. O volume de informações e números sustentam os argumentos de ações e investimento. A utilização deles, portanto, passa a ser inevitável. Cabe aos decisores saber a melhor forma de compreender e traduzir o comportamento de todos os públicos envolvidos.


Ética nas Comunicações - Uma empresa é a soma de pessoas. Além disso, é também um conjunto de histórias, culturas e pensamentos que resultam no sucesso. Construir diálogos e criar informações que ajudem no desenvolvimento do trabalho está entre os propósitos de uma empresa. Ao pensarmos na comunicação e nas mensagens que devem ser transmitidas, precisamos avaliar qualidade das campanhas e quem será a audiência desse conteúdo.


Com o aumento de canais de comunicação, a avaliação da audiência torna-se fundamental. Entender o que o público busca e como ele consome as informações que você disponibilizará estão entre algumas das metas das áreas de marketing e comunicação.


Pensando nesses preceitos, o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR) reúne uma síntese de regras que asseguram que as campanhas preservem a liberdade de expressão e a ética na publicidade. O desafio está em como construir comunicações criativas que sigam os itens estabelecidos pelo grupo.


A discussão para que as campanhas e materiais sigam uma legislação padrão também inferem na qualidade da liderança. Modelos de gestão engessados e ultrapassados, portanto, perdem lugar para estruturas mais flexíveis, nas quais os líderes tornam-se espelhos e exemplos a serem seguidos.


Segundo um dos membros presentes, "Fomentar o desenvolvimento de pessoas e conhecer técnicas que favoreçam ambientes de alta produtividade são algumas das premissas desenvolvidas por grandes empresas. Ao lidar com grupos tão diversos, saber agir como uma referência e apresentar boas práticas torna-se um diferencial".


Fundado em 2012, o GIF® é composto de membros Vice-Presidentes, Diretores e Heads de Marketing, Comunicações, Recursos Humanos, Vendas, Digital, Estratégia, Administração e áreas correlacionadas, efetivos e nomeados, congregando assim o alto intelecto necessário para o desenvolvimento destes trabalhos.


Contato: +55 11 5505-1935



FONTE Reunião do GIF® Innovation & Future

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos