PR Newswire Esportes
28/10/2019 16:46

Jogos Mundiais Militares de Wuhan atraem forças de paz


Jogos Mundiais Militares de Wuhan atraem forças de paz

PR Newswire


WUHAN, China, 28 de outubro de 2019 /PRNewswire/ -- Os Jogos Mundiais Militares de 2019, comemorados por participantes do mundo todo, fortaleceram ainda mais a crença nas forças pela paz. A chama ardente dos 7º Jogos Mundiais Militares se apagou. Segundo o Comitê Executivo dos 7º Jogos Mundiais Militares do CISM, quase 10.000 atletas militares do mundo todo se reuniram em Wuhan, a "cidade dos rios e lagos", para promover a paz e buscar a glória. Eles competiram de forma justa e se esforçaram bastante em campo, enquanto faziam amigos e se encorajavam fora do campo.


O evento fez com que o "brilho do sol dos esportes" dissipasse a sombra da guerra, promovesse a comunicação entre diferentes culturas e reunisse o coração das pessoas pela paz. Wuhan, uma cidade hub de transporte, impressionou o mundo com características chinesas. Atletas do mundo todo exibiram a glória militar com esforço máximo. Os incríveis Jogos criaram um capítulo de compartilhamento de amizade e construção da paz ao mesmo tempo.


Um novo capítulo para os Jogos Mundiais Militares


A paz e a cooperação foram os temas destacados durante os Jogos.


A "espetacular, deslumbrante e emocionante" cerimônia de abertura, "Tocha da paz", permitiu que mais pessoas soubessem que o povo chinês, que passou por guerras, busca continuamente a paz e a deseja profundamente.


"Wu", o caractere chinês para "militar", é composto por dois outros caracteres: "Zhi", que significa "fim", e "Ge", que significa "lança". Desde 2.000 anos atrás, a região de Jingchu, onde fica Wuhan, apresentou a antiga filosofia chinesa de que o exército serve para interromper o uso de armas. Os Jogos Militares Mundiais foram criados para comemorar o 50º aniversário de vitória da Segunda Guerra Mundial, além do fato de a China ser o principal campo de batalha contra o fascismo no oriente. Os Jogos foram realizados na China pela primeira vez, refletindo a contribuição do país para o processo de paz no cenário mundial, disse Herve Piccirillo, presidente do Conselho Internacional de Esportes Militares (CISM).


Desde a bem-sucedida oferta de sediar os Jogos, em maio de 2015, o governo e o exército chinês aderiram ao princípio de sediar Jogos "ecológicos, inclusivos, abertos e claros". Usando a integração da perspectiva global e das características chinesas, todo o trabalho preparatório foi concluído em alto padrão.


Atletas globais se reuniram para compartilhar a glória militar em Wuhan. Quase 10.000 atletas de 109 países participaram dos Jogos, compostos por 27 principais esportes e 329 eventos. As competições, hospedagens e recepções foram organizadas de acordo com padrões comparáveis aos dos Jogos Olímpicos, estabelecendo uma plataforma mais ampla para atletas de todos os países compartilharem a amizade e construírem a paz juntos.


Pela primeira vez na história dos Jogos Militares Mundiais do CISM, os Jogos foram abertos ao público e não confinados às bases militares. Foram os primeiros jogos a ter uma vila de atletas recém-construída. Foi também a primeira vez que todas as competições aconteceram em uma cidade e a primeira vez que serviços voluntários abrangentes foram oferecidos a todas as delegações. Os Jogos são os maiores do gênero, comparáveis a qualquer evento esportivo de nível mundial, falou também Herve Piccirillo, acrescentando que os Jogos de Wuhan conscientizariam o mundo sobre a importância do esporte para as preparações militares, operações de manutenção da paz e trocas militares globais.


Os Jogos de Wuhan deixaram a nítida marca chinesa na história dos Jogos Mundiais Militares, o que também fez de Wuhan, uma cidade importante na região central da China, repleta de paixão para acelerar seu ritmo de se tornar uma metrópole internacional.


Após a cerimônia de abertura, mais de 50.000 espectadores e mais de 10.000 integrantes dos jogos deixaram o local em perfeita ordem, enquanto quase todo o lixo foi retirado do local. Foram recrutados 26.000 voluntários, enquanto o número de candidatos ultrapassou 90.000. Muitos dos jogos estavam lotados com ingressos esgotados. A torcida da multidão mostrou a hospitalidade da cidade.


Construindo forças de paz


Roberto Punzo, o soldado italiano cadeirante que participou da competição de arco e flecha, recebeu os melhores aplausos e respeito dos espectadores locais durante toda a prova.


Em 2006, ele participou de uma missão de manutenção da paz, quando foi atingido por uma explosão. A lesão deixou o ex-piloto permanentemente incapaz de andar. Nos momentos mais difíceis da vida de Roberto, foi o esporte que o inspirou a elevar o ânimo e recuperar a confiança.


Os soldados não estão lá para fazer guerra, mas para manter a paz da humanidade, disse o homem de 55 anos. "Fui ferido na guerra e desejo a paz mais do que qualquer outra pessoa".


Os Jogos Militares Mundiais foram criados para comemorar a paz e espalhar a amizade. Tornou-se uma plataforma importante para as forças militares de vários países exibirem suas imagens, intensificar a amizade e expandir a influência.


Nas arquibancadas, os atletas de diferentes países podem não se conhecer, mas podem se olhar, rir e bater palmas juntos em poucos minutos. O espírito esportivo é uma linguagem universal que não requer tradução. O muro da paz e da amizade na vila dos Jogos estava cheio de desejos pela paz mundial, amor pela China e amizade em vários idiomas.


Durante os Jogos, os prefeitos das 15 cidades irmãs de Wuhan espalhadas pelo mundo enviaram cartas para torcer pelos Jogos e aplaudir a paz.


"Por ser ex-soldado e campeão olímpico, tenho consciência do que esse evento significa para uma cidade e que tipo de mensagem envia ao mundo do esporte e aos atletas", disse Zsolt Borkai, prefeito de Gyor, Hungria.


Nos últimos 40 anos, Wuhan formou cidades irmãs com mais de 110 cidades em mais de 50 países. Esse "círculo de amigos", que abrange cinco continentes, é um microcosmo da adesão da China ao desenvolvimento pacífico e à expansão da amizade.


A paz mundial será alcançada quando uma filosofia comum for adotada. O mundo será próspero enquanto a paz prevalecer.


Este magnífico, extraordinário e notável evento esportivo militar mostrou o novo visual das forças armadas da população, enquanto esta fortalece suas forças armadas. Revelou também o grande momento da nação chinesa rumo ao rejuvenescimento nacional e transmitiu a firme crença de que a China e a população do mundo estão trabalhando em conjunto para construir para a humanidade uma comunidade com futuro compartilhado.


Links de anexos da imagem: http://asianetnews.net/view-attachment?attach-id=349119


FONTE The Executive Committee of the 7th CISM Military World Games

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos