Releases
15/04/2017 16:46

6 dicas de segurança para evitar que os dados da empresa vazem na internet


(DINO - 21 mar, 2017) - Em um universo onde há um aumento de hackers e usuários mal intencionados na rede, é preciso assegurar que os dados estão protegidos dessas ameaças. O custo de uma informação vazada pode ser altíssimo para uma organização.Confira 6 dicas de segurança para garantir a segurança nas redes das empresas:1. Escolha senhas fortes: um dos principais erros dos administradores é escolher senhas fracas, de fácil memorização para as contas da empresa, o que facilita a descoberta por hackers. Por isso, escolha senhas fortes, sem obviedade e que não envolvam menções diretas ao nome da organização ou se relacionem com datas (aniversário, fundação da empresa, etc). Mescle números, letras (entre maiúsculas e minúsculas), caracteres especiais e adquira o hábito de muda-las periodicamente para atestar a segurança das informações.2. Selecionar os acessos: quando todos os funcionários tem acesso às informações, a organização fica mais vulnerável. O ideal é que os dados de cada setor fiquem restritos a ele. Por exemplo, se ocorre uma invasão às informações do setor de marketing, isso não afetará o setor financeiro. Também é importante levar em conta funcionários agindo de má fé. Por isso, tenha critérios claros de ordem de confidencialidade e selecione os colaboradores que realmente necessitam saber de informações sigilosas para suas funções diárias.3. Use navegação segura: habilite todos os navegadores da empresa para utilizarem apenas a navegação segura, ou seja, para sejam barrados qualquer tipo de conexão que não tenha um certificado de segurança, facilitando a disseminação de vírus. 4. Deixe os colaboradores logados ao Gmail: quando uma pessoa está logada a uma conta Google, ela automaticamente ativa a navegação segura. Isso faz com que o Google restaure automaticamente essa função se ela for desativada por má fé ou por imprudência. 5. Mantenha o antivírus atualizado: o antivírus é uma das principais portas de barragem de vírus e trojans (cavalos de troia) que podem ser responsáveis por invasões e roubo de dados e senhas no computador. O software avisa a cada tentativa de invasão e pode apontar para o setor de TI quais máquinas estão apresentando maior fragilidade. Dessa forma, é possível avaliar quais usuários estão fazendo uma navegação imprudente e instruí-los a mudar seus hábitos na rede.6. Criptografe seus periféricos: um dos principais casos de vazamentos acontece pela perda de periféricos, como pen drives, smartphones, laptops e HDs externos. Uma das formas mais seguras de evitar que outra pessoa tenha acesso às informações nesses dispositivos é o uso da criptografia. Estimule também a realização de backup na nuvem, para que os documentos estejam disponíveis em outro local, sem gerar prejuízos ao trabalho já realizado.*Cláudio Santos é CEO da Santo Digital, empresa líder em Google Apps for Work e Google Cloud Platform

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos