Releases
22/01/2019 19:20

Varejo tem fim de ano positivo no Brasil em 2018


São Paulo - SP--(DINO - 22 jan, 2019) - As vendas no varejo tiveram ótimos resultados nesse final de ano. Este foi o melhor resultado nos últimos três anos, com crescimento de 5,5% na semana natalina em relação ao mesmo período de 2017, de acordo com o que aponta um estudo realizado pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) entre 400 empresas que abrangem 30 mil pontos de venda em todo o Brasil.

De acordo com a empresa responsável pelos dados divulgados, o setor de varejo deverá alcançar um faturamento de R$ 53,5 bilhões neste final de ano. O levantamento aponta os presentes mais buscados por categoria que são o setor de roupas masculinas e femininas (55%), calçados (32%), perfumes e cosméticos (31%), brinquedos (30%), itens de moda (19%), livros (14%), celular e smartphone (12%), joias e bijuterias (9%) e eletrodomésticos e eletrônicos (6%).

O varejo de shopping teve crescimento de 6,0%, atingindo uma receita de R$ 156,3 bilhões. Os setores que mais avançaram foram perfumaria e cosméticos (8,0%), bijuterias e acessórios (8,0%), brinquedos (8,0%), pets (7,5%), eletrodomésticos (6,0%), celulares e smartphones (6,0%), eletrônicos (5,0%) e roupas masculinas e femininas (1,6%). No ramo de calçados, a queda foi de 5,0%.

O presidente da Alshop, enfatiza que, por meio da Black Friday, foi possível obter grandes resultados positivos logo no início das vendas de Natal, além de alcançar um excelente faturamento por conta do 13º salário, totalizando um valor de R$ 221 milhões. O capital contribuiu para a quitação de alguns custos e principalmente para novas aquisições. Os R$ 211 milhões mostram um diferencial de 5,5% de crescimento entre um Natal e outro.
Comércio eletrônico aumenta suas vendas com a chegada do final de ano

Segundo afirmação do diretor institucional da Alshop, o comércio eletrônico aumentou 12%, deixando claro que a movimentação das compras para o canal deve prosseguir. As categorias mais vendidas em todos os anos foram moda e acessórios (14,2%), cosméticos e perfumaria (12,0%), eletrodomésticos (10,8%), casa e decoração (10,5%), telefone e celular (9,2%), livros, assinaturas e revistas (8,3%), esporte e lazer (6,4%), informática (4,5%), alimentação e bebidas (4,0%) e eletrônicos (3,6%).

Na semana do Natal, a receita das compras online poderá ser de R$ 9,9 bilhões, 13,5% a mais em relação ao mesmo mês no ano de 2017. Já o tíquete médio deve ser 7% maior, somando R$ 490. As vendas no período da Black Friday, que começaram a partir de 15 de novembro e terminaram em 24 de dezembro, também fizeram parte do levantamento.

O comércio eletrônico está expandindo com números bastante elevados. Ele ainda afirma que permitiu para a rede do varejo, como um todo, um crescimento amplo na classe, o que ajudou com uma margem excelente para as lojas.

É importante que os lojistas tenham ciência de que, para o varejo ser competitivo atualmente, é primordial contar com estratégias que permitam mais vantagens diante do concorrente, podendo ser realizadas através de trabalhos em PDV.

Esse tipo de trabalho deve ser planejado de modo minucioso por profissionais qualificados no assunto. Por isso, é importante a contratação de uma empresa especializada, confiável e experiente.

A TW Design planeja, posiciona e ativa grandes marcas e produtos em diversos canais de consumo. Atuamos há mais de 17 anos no mercado como agência de ativação de PDV, buscamos as melhores soluções para cada cliente contribuindo para seu sucesso.



Website: http://twdesign.com.br/

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos