Releases
12/07/2018 14:02

5 dicas para evitar golpes digitais durante a Copa


(DINO - 12 jul, 2018) - Com a proximidade da Copa do Mundo, os torcedores não querem perder nenhum lance e estão conectados, o tempo todo, nos mais diversos canais. Seja nos dispositivos móveis ou computadores, é preciso tomar muito cuidado com os cibercriminosos, pois a época é propícia para que os hackers apliquem golpes utilizando a internet. Em 2014, o Arcon Labs registrou um aumento de 57% nos ataques relacionados à segurança da informação no período da Copa, enquanto 681% dos cibercrimes estavam relacionados a ataques automatizados, hack tools e botnets. Em 2.º lugar ficaram os ataques Web, com 216%. E não se engane, os criminosos são bem criativos e se aproveitam de diversas ocasiões para lançar suas garras. Confira algumas dicas para você não cair em golpes cibernéticos: 1. Cuidado com os links Evite clicar em links que você não tenha a certeza da origem. Consulte o Google e, por meio de uma fonte confiável, faça a leitura da matéria que lhe interessa. Constantemente esses links são utilizados na disseminação de malwares.2. Ande sempre atualizadoOs fabricantes de hardwares e desenvolvedores de softwares constantemente atualizam seus sistemas visando a segurança de seus usuários. Portanto, foi notificado de alguma atualização.... Corra e faça a sua.3. Nenhuma oferta é gratuita na internetMuita atenção nesse período de Copa do Mundo quanto às ofertas "gratuitas". Nenhuma delas é de graça. Leia os termos e só contrate os serviços de empresas conhecidas e de confiança.4. Não instale nada que você não conheçaNunca instale um software de fonte desconhecida nem atualize players apenas para reproduzir um único vídeo. Toda atualização deve ser feita diretamente através do site do desenvolvedor do player. Nunca aceite uma atualização requisitada por sites de terceiros.5. Muita atenção com o Facebook, Twitter, WhatsApp e SMSOs serviços como Whatsapp, Facebook, Twitter e as mensagens de SMS são rotineiramente utilizados por cibercriminosos como canais para sua atuação. Então cuidado com as promoções, links estranhos e joguinhos que podem ser armadilhas para o usuário. * Angelo Celso Galvão Braga é professor de Direito Digital e Compliance da Faculdade Impacta.

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos