Releases
03/12/2020 14:58

Balanço de Vendas de novembro sinaliza possível recuperação da economia em dezembro




São Paulo, 03 de dezembro de 2020 – A economia dá sinais de que vai se recuperar de fato da crise provocada pela pandemia do coronavírus já neste mês de dezembro. O Balanço de Vendas, indicador da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) com base nos dados fornecidos pela Boa Vista S/A, aponta que houve uma elevação média de 17,1% em novembro, comparada ao mesmo período de outubro. Isso significa uma queda de apenas 5% nas vendas se levarmos em consideração o movimento do comércio em novembro de 2019, período fora de contexto da pandemia do novo coronavírus no Brasil.

 


A recuperação econômica gradativa iniciou-se em junho, quando as medidas de flexibilização começaram a valer para o comércio. Desde então, as perdas foram se diluindo com retrações de 54,9%, 47,7%, 33,6%, 14,6% e 9,2% (junho, julho, agosto, setembro e outubro respectivamente). Se estes 5% de agora zerarem em dezembro, a economia terá mostrado que há fôlego para um futuro crescimento.

 


Em um cenário sem pandemia, a Associação Comercial de São Paulo projetava em janeiro um crescimento nas vendas em torno de 3% para o ano de 2020. No entanto, a realidade de hoje projeta que o ano se encerrará com perda total de 4,5% comparada aos números de 2019. “É como se este ano não tivesse existido”, afirmou Marcel Solimeo, economista da ACSP. “Acreditamos que a passagem por 2021 será como se estivéssemos indo ainda para 2020 agora”, analisou. “Crescimento, mesmo, só acreditamos que vá ocorrer em 2022”, emendou.

 


Este cenário um pouco menos pessimista do ano, em novembro, deveu-se muito também às promoções da Black Friday. “Embora não tenhamos ainda um balanço definitivo dessas vendas, as prévias indicam que já podemos considerar o período de promoções como sendo bem-sucedido para o comércio, principalmente, para os varejistas que trabalham com e-commerce”, afirmou. “As lojas online impactaram este Balanço de Vendas do mês de forma positiva”. 

 


No auge das quedas históricas para o setor em 2020, os indicadores, quando baseados nos mesmos períodos de 2019, marcaram em março, recuo de 27%; em abril, de 63,8%; e em maio, de 67%. Foi a partir daí que a economia mostrou sinais de recuperação e que promete fechar o ano sem perda comparada a um dezembro que já passou.


 



OUTRAS INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA


 


Tamer Comunicação


Tercio Braga, tercio.braga@tamer.com.br


Marcelo Picolo, marcelo.picolo@tamer.com.br


 


Assessoria de Imprensa ACSP


Danielle Pessanha, dpessanha@acsp.com.br, (11) 3180-3220


Alan Viana, aviana@acsp.com.br, (11) 3180-3220


 


Redes sociais


Facebook: /associacaocomercialsp | Youtube: /acspdigital | Twitter: @ACSP_oficial


LinkedIn: /company/acsp/ | Instagram: @acsp_oficial





 

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos