Releases
04/09/2018 14:58

Loja Virtual: como fazer e como administrar?


São Paulo, SP--(DINO - 04 set, 2018) - No Brasil, o aumento das vendas em plataformas digitais (e-commerces e marketplaces) vem crescendo significativamente. Em 2018 a projeção de crescimento passa de 10% segundo a "Webshoppers", da Ebit, empresa que divulga pesquisas e insights sobre o consumo na internet. Ao mesmo tempo, 21% dos e-commerces mal administrados encerram suas operações a cada ano.

Alexei Alba, especialista sênior em inteligência de negócios digitais, compartilha os principais pontos para a formatação de uma loja virtual de sucesso. "O principal problema no desenvolvimento de novos e-commerces é a falta de entendimento ou informação das empresas sobre o investimento necessário para a gestão de uma loja virtual que atende 26 estados e está disponível 24 horas por dia, 07 dias por semana". Segundo Alexei, os empreendedores digitais ou os lojistas têm pré-fixados dentro de si que uma operação online tem um custo reduzido em relação a uma operação física, embora seja possível chegar neste coeficiente o impacto direto em ações de marketing, logística e atendimento aos consumidores é multiplicado pelas praças de atendimento e venda, no Brasil, 26 estados e mais de 5.000 cidades.

"Os lojistas em geral não calculam que para abrir uma loja virtual eles devem planejar os investimentos em marketing para 26 praças, mesmo assim, querem vender para todo o país. Se dividirmos um investimento médio, como exemplo: R$ 10.000,00 reais, por 26 praças, temos menos de R$ 500,00 reais por praça. Quando dividimos por dia de veiculação (30), sobram menos de R$ 15,00 reais por dia, aproximadamente R$ 1,00 real por hora comercial (das 8 AM às 17 PM). Bem diferente de aplicarmos o mesmo valor para uma região específica como o centro de São Paulo ao ativarmos uma loja física para um raio de 5 ou 10 km. Ao meu ver, os lojistas que desejam montar uma operação virtual devem começar devagar, entendendo os números de acesso de sua loja, principais praças de aderência aos produtos ofertados e entender a relação de investimento x conversão (venda) em cada veículo digital, como o Google, Facebook ou Instagram" diz Alexei, responsável pela direção de contas da Agência Moustache - Agência de Marketing Digital.

Com o passar do tempo e analisando os números, os lojistas poderão tomar decisões assertivas como por exemplo, focar em uma única praça para venda de seus produtos ou veículos específicos que tenham baixo investimento e agreguem conversões reais.


Website: https://agenciamoustache.com.br/

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos