Releases
22/01/2019 18:30

Ações de marketing estratégico podem aumentar as vendas


São Paulo--(DINO - 22 jan, 2019) - Independentemente da fonte consultada, a conclusão, em maior ou menor grau, é que os brasileiros, de modo geral, vêm incluindo o fator sustentabilidade na hora de consumir produtos ou contratar serviços. Esta tendência tem sido esquadrinhada de forma mais efetiva a partir do Indicador de Consumo Consciente (ICC), elaborado pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) em parceria com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). Sua última edição, publicada no final do ano passado, mostrou que nada menos do que 55% dos consumidores se encontram no grupo de transição, àqueles cujos hábitos de consumo consciente ainda está aquém do desejado.

E é exatamente para esta fatia de brasileiros que as empresas deverão elaborar suas estratégias de comunicação. Afinal, de nada adianta continuar pregando apenas para os convertidos, grupo no qual se encaixam 31% dos 824 entrevistados pela pesquisa, em 26 capitais e no Distrito Federal.

"A comunicação pode ter um papel fundamental neste processo de convencimento dos brasileiros sobre a importância do consumo consciente", destaca o publicitário e presidente do Instituto Neo Mondo, Oscar Lopes Luiz. Trata-se de uma visão corroborada por inúmeros achados nas demais pesquisas do gênero. Um bom exemplo é o Panorama do Consumo Consciente, elaborado pelo Instituto Akatu, segundo o qual 56% dos brasileiros dizem esperar que as empresas façam mais do que manda a legislação e olhem mais para a sociedade. "Num ambiente de grande divulgação de informações, muitas das quais fakes, chegar ao público com a mensagem correta é fundamental", opina Luiz.

Foi de olho nesta oportunidade de agregar valor à comunicação das empresas, de forma qualificada e tendo como foco os pilares da sustentabilidade social, ambiental e econômica, que nasceu a Coalização Verde. Trata-se da atuação conjunta de quatro portais de notícias (Cenário Agro, The Greenest Post, NEO MONDO e 1 Papo Reto) com o objetivo de oferecer serviços de branded content e marketing ligado à causa para as grandes empresas. "As quatro publicações reúnem profissionais da mais elevada capacidade técnica e uma longa trajetória no jornalismo", diz.

A Coalizão Verde é liderada pelo presidente do Instituto Neo Mondo (que comanda a revista eletrônica e o portal homônimos) e será exclusiva para a comercialização de pacotes de marketing, projetos customizados e branded content. A área editorial de cada veículo seguirá independente. "A parceria nos fará ganhar agilidade e canalizar esforços, tornando mais sustentável o processo de venda de espaço publicitário", estima.


Website: http://www.neomondo.org.br/category/noticias/coalizao-verde/

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos