Releases
06/12/2017 13:56

Segundo informações, cresce a procura por vinhos e Portugal lidera o consumo


São Paulo - SP--(DINO - 06 dez, 2017) - Houve um aumento de 0,4% na procura de vinhos em todo o mundo no ano de 2016, o que totalizou 2,42 bilhões de litros. Os dados são do relatório anual da OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho).O mesmo relatório mostrou que Portugal é o país em que os habitantes mais consomem vinho anualmente. O consumo anual, por pessoa, é de 54 litros.Países que mais consomem vinho no mundoHouve um aumento considerável no consumo de vinhos por parte de alguns países, como na China (6,9%, com consumo total de 1,73 bilhões de litros), Itália (5,3%, com consumo de 2,25 bilhões de litros) e Estados Unidos (2,5%, com 3,18 bilhões de litros).Os 10 países com consumo maior por habitante, em litros por ano, são Portugal (54), França (51,8), Itália (41,5), Suécia (41), Suíça (40,3), Bélgica e Argentina (31,6 cada), Alemanha (29,3), Austrália (27) e Espanha (25,4).Na sequência da lista, curiosamente, aparecem 2 países que não cultivam vinhas: Holanda (24,5) e Reino Unido (24).Enquanto a procura mundial pelo vinho aumentou, a produção diminuiu 3% e chegou a 26,7 bilhões de litros. Essa queda se deu devido à alterações climáticas que não foram favoráveis, como pôde ser visto no Brasil, na Argentina e no Chile.Maiores produtores de vinho do mundoQuanto aos países que mais produzem vinho, não houve mudanças no ranking: a primeira colocada é a Itália, com 5,09 bilhões de litros (aumento de 2%), seguida da França, com 4,35 bilhões de litros (redução de 7%) e Espanha, com 3,93 bilhões de litros (elevação de 4%).Dois países que tiveram um aumento considerável na produção foram os Estados Unidos, com 2,39 bilhões de litros (+10%) e a Austrália, com 1,3 bilhão de litros (+9%).Em contrapartida, alguns países apresentaram uma queda na produção, como é o caso da China (-1%, total de 1,14 bilhão de litros), África do Sul (-6%, total de 1,05 bilhão de litros), Chile (-21%, 1,01 bilhão de litros) e Argentina (-29%, 0,94 bilhão de litros).Comércio internacional do vinhoO comércio do vinho entre diferentes países apresentou uma queda de 1,2% no ano de 2016, tendo totalizado um volume de 10,4 bilhões de litros. Porém, mesmo com essa queda, o valor total arrecadado com as vendas foi de ? 29 bilhões.Quanto à quantidade, a Espanha retomou o topo da lista dos países que mais exportam, com 2,23 bilhões de litros, embora muitas das suas vendas sejam feitas à granel e por um preço bem baixo. Prova disso foi a arrecadação com todo esse vinho: ? 2,644 bilhões, o que representa aproximadamente ? 1,19 por litro.Já a França, por exemplo, mesmo tendo exportado 1,41 bilhão de litros de vinho, conseguiu uma arrecadação total de ? 8,255 bilhões, ou seja, ? 5,85 por litro, quase 5 vezes mais caro do que o vinho espanhol.Ainda de acordo com a OIV, Portugal foi o nono país que exportou mais vinho, com 0,28 bilhão de litros, que retornaram ? 734 milhões.Área de vinhas em todo o mundoA área de vinhas em todo o mundo manteve estabilidade em relação ao período anterior, tendo ficado em 7,5 milhões de hectares. Ainda assim, ficou claro que alguns países tiveram uma movimentação em suas áreas de vinhas.A China, por exemplo, teve um aumento de 17 mil hectares no ano de 2016, o que elevou a área total do país para 847 mil hectares (11,29% da área mundial). A liderança na área de vinhas é da Espanha, com 975 mil hectares (13% do total mundial.Saber mais sobre vinhos é uma das paixões dos apaixonados pela bebida. Aqueles que quiserem aumentar ainda mais seus conhecimentos sobre o vinho português podem acessar o site da Eno Gourmet Premium, que possui várias informações interessantes sobre o vinho de Portugal.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos