Releases
17/07/2017 17:08

Banco da Amazônia e MDIC lançam prêmios de empreendedorismo


Belém, PA--(DINO - 17 jul, 2017) - Foram lançados na última quinta-feira, 13, os Prêmios "Professor Samuel Benchimol" e "Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente" na sede da Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA). Os prêmios foram criados pelo Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e objetivam selecionar projetos inovadores e reconhecer personalidades que contribuem para o desenvolvimento da Amazônia.

De acordo com o coordenador dos prêmios, professor José Rincon Ferreira, os prêmios vão promover a reflexão e propor ações sobre as perspectivas econômicas, científicas, tecnológicas, ambientais, sociais e de empreendedorismo para o desenvolvimento sustentável da Região Amazônica.

Serão concedidos recursos no montante de R$ 120 mil em premiações, oriundos do apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), por meio do seu Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), do Ministério da Integração Nacional (MI), das Federações de Indústrias da Região Amazônica e Fundações de Amparo à Pesquisa.

Os valores do Prêmio Prof. Samuel Benchimol, Categoria "Projetos de Desenvolvimento Sustentável na Região Amazônica" e do Prêmio Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente, Categoria "Iniciativa de Desenvolvimento Local (IDL)" são de R$ 60 mil cada um.

No Prêmio Prof. Samuel Benchimol serão agraciados três vencedores com as quantias de R$ 35 mil, R$ 15 mil e R$ 10 mil para o 1º, 2º e 3º lugar, respectivamente. Na premiação da categoria "Iniciativa de Desenvolvimento Local (IDL)", a metodologia da premiação é a mesma, contempla três iniciativas com importância de valores iguais ao do Prêmio Prof. Samuel Benchimol.

Segundo a coordenadora de Ações Institucionais do Banco da Amazônia, um dos patrocinadores dos prêmios, o Prêmio Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente contempla duas naturezas de premiação: uma para a Categoria Iniciativa de Desenvolvimento Local, para ações empreendedoras na região, que revelem através de sua prática o potencial de transformação da Região Amazônica em prol do seu desenvolvimento sustentável. E a outra natureza de premiação, honorífica, abrangendo duas distinções: o reconhecimento de Empresas (Categoria Empresa na Amazônia) e de Microempreendedores de Sucesso na Amazônia (Prêmio Florescer), que contribuem para o desenvolvimento sustentável da região.

Neste ano, os 75 anos do Banco da Amazônia, os 60 anos da Universidade Federal do Pará (UFPA) e o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento serão temas das principais homenagens. Vale lembrar que a outorga dos premiados ocorre anualmente de forma itinerante nos estados que integram a área geográfica da Amazônia Legal, contemplando os estados do Acre, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e Amazonas.

As inscrições podem ser feitas até 31 de agosto e são efetuadas somente pelo site www.amazonia.ibict.br.

Website: http://www.bancoamazonia.com.br

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos