Releases
14/02/2020 17:38

Metade dos brasileiros quer investir, mas não sabe como sair da poupança


São Paulo--(DINO - 12 fev, 2020) -
O brasileiro tem vontade de juntar dinheiro, mas desconhece as ferramentas básicas para chegar lá. Quase metade (49%) da população tem como principal meta poupar mais em 2020, segundo um levantamento da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).


A questão é que 65% dos brasileiros usam a poupança como destino do seu dinheiro, segundo outro levantamento do SPC. São quase 70 milhões de clientes neste tipo de aplicação. A caderneta rende hoje 3,15% ao ano, menos que a inflação estimada pelo mercado para 2020, em 3,47%.


Junto ao imaginário de que poupança ainda é investimento, a falta de educação financeira é a maior barreira para a mudança: 70% dos brasileiros não sabem dizer quanto rendeu a poupança no último ano e 54% não conhecem nenhum outro produto de investimento, segundo pesquisa da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais).


“O brasileiro ainda tem medo de sair da poupança por herança cultural, mesmo com o rendimento abaixo da inflação”, comenta Samy Dana, economista PhD em finanças e head de conteúdo da Easynvest.


“O que as pessoas não sabem é que existem investimentos tão seguros quanto a poupança, que rendem mais e com a mesma facilidade para sacar. O problema é que as pessoas não sabem por onde começar e, assim, fica difícil dar o primeiro passo”, complementa Samy Dana.


A serviço da educação financeira


Apesar da falta de informação do brasileiro sobre seu próprio bolso, o interesse em saber mais sobre esse universo é bastante alto. No Google, são feitas todos os meses 19 milhões de buscas por termos relacionados a investimentos.


A internet vem sendo uma poderosa ferramenta para promover essa mudança – e já é possível perceber os primeiros impactos disso. Canais e perfis nas redes sociais que ensinam a poupar e investir têm tido sucesso e dão coragem a quem quer mudar de comportamento.


O InvestNews, por exemplo, é o primeiro canal de notícias financeiras pensado desde a concepção para diferentes plataformas, do YouTube às redes sociais, passando por site e podcasts. Com o conceito de inteligência financeira, o projeto foi idealizado pela Easynvest, maior plataforma de investimentos independente do Brasil, em parceria com Samy Dana, economista, e Dony de Nuccio, jornalista, ambos heads de conteúdo da corretora.


A proposta é descomplicar a linguagem de economia e investimentos. Além disso, o canal combina a qualidade da televisão com a agilidade e descontração da internet.


Com o portal alimentado por notícias, cotações, análises, simuladores e conteúdos educativos, a grade conta ainda com três programas diários – Cafeína, Flash e Conta+ – apresentados por Samy Dana, Dony de Nuccio e Priscila Yazbek, jornalista conhecida pelas bancadas de telejornais da GloboNews.


“Hoje, não temos na televisão, nem na internet, programas focados em economia e finanças. Vamos preencher esse vácuo, entregando notícias, análises, cotações, simuladores de investimento e conteúdos educativos para quem quer ter uma relação mais inteligente como seu dinheiro”, diz Fabio Trevisan, líder do projeto.


Para De Nuccio, apresentador do Conta+, a proposta é despertar o brasileiro para os investimentos. “Esse é o momento de maior potencial do mercado, mas sabemos que dá um frio na barriga. Unimos nossas especialidades e toda a bagagem de economia e jornalismo para trazer a notícia de uma forma precisa, leve, divertida, relevante e conectada ao dia a dia do brasileiro, para poder ajudar de verdade as pessoas a se informar e investir”, finaliza.


 



Website: http://bit.ly/invest_news_br

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos